Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 2 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dono de posto é preso acusado de distribuir combustível

20 Set 2004 - 10h38

O dono do posto São Francisco foi preso pela Polícia Federal acusado de distribuir requisições de combustíveis para eleitores em Dourados.

A Polícia prendeu o dono do posto em flagrante. O delegado que efetou a prisão contou ao Douradosagora que chegou ao posto à paisana e se apresentou como eleitor e perguntou ao frentista se era naquele posto que abastecia de graça para votar em candidatos de determinada coligação. O frentista confirmou a informação e então o delegado deu voz de prisão ao dono e também a algumas pessoas que abasteciam no momento.

As pessoas foram levadas para a sede da PF, ouvidas e liberadas em seguida. O dono do posto passou a noite na Polícia Federal e ontem de manhã pagou fiança no valor de  R$ 12 mil para ser liberado.

"Nós só não prendemos todos que estavam no posto abastecendo de graça, porque senão teríamos de prender metade da cidade, haja vista a quantidade de gente envolvida no esquema", disse o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL 60 MIL MORTES
Brasil tem 1.456.969 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
ELEIÇÕES 2020
Câmara dos Deputados aprova em primeiro turno adiamento das eleições municipais de 2020
100 INTERMEDIÁRIO
Venda direta de etanol das usinas para postos pode aumentar concorrência, diz Bolsonaro
CICLONE BOMBA NO BRASIL
CICLONE BOMBA: Sobe para 10 o número de mortos no Sul do país, VEJA OS ESTRAGOS
FURIA DA NATUREZA
Ao menos nove pessoas morreram devido a ciclone que atingiu Região Sul
NOTÍCIA BOA - BORA COMPARTILHAR
Teste de vacina de COVID-19 funciona e Pfizer pode produzir 1 bi de doses
FÁTIMA DO SUL - INAUGURADO
Fátima do Sul é a escolhida para a 4ª Unidade do Posto Alvorada que comemora 20 anos de sucesso
COVID-19
Brasil tem 1.409.693 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
TORMENTA
Tempestade e ventos fortes causam destruição em cidade: “Parece filme de terror”
DIDI
Renato Aragão deixa a Globo, após 44 anos