Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Dólar tem leve baixa e fecha a R$ 1,75

16 Dez 2009 - 16h07Por Folha Online

O mercado de câmbio doméstico teve um dia "morno", sem variações mais bruscas dos preços da moeda americana, numa sessão marcada pela cautela: o banco central americano anuncia nas próximas horas a nova taxa básica de juros dos EUA.

Dessa forma, o dólar comercial foi vendido por R$ 1,750, em queda de 0,22%, nas últimas operações desta quarta-feira. Os preços da moeda americana oscilaram entre R$ 1,758 e R$ 1,746. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,860, estável.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) sobe 0,14%, aos 69.408 pontos. O giro financeiro é de R$ 4,11 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York avança 0,31%.

Analistas de mercado esperam que o Federal Reserve mantenha a taxa de juros próxima de zero, como é hoje, mas temem o que a autoridade monetária pode comentar sobre a economia dos EUA. A perspectiva de um aperto da política monetária americana em 2010 é uma das principais preocupações dos agentes financeiros atualmente.

O Banco Central informou hoje o fluxo cambial do país (entrada menos saída de dólares) está positivo em US$ 884 milhões neste mês (até o dia 11). No acumulado do ano, o saldo está positivo US$ 27,63 bilhões.

E em seu leilão diário de compra, o BC comprou moeda por R$ 1,7480 (taxa de corte).

Ontem, o Tesouro Nacional anunciou a captação de US$ 500 milhões no mercado europeu e americano, com bônus para vencer em 2019, e pagando juros de 4,75% ao ano para os investidores --a menor taxa da história para títulos em dólar. Outros US$ 25 milhões vieram do mercado asiático, reforçando as reservas internacionais de US$ 240 bilhões.

Juros futuros

O mercado de juros futuros, que sinaliza o custo do dinheiro para os bancos, elevou novmente as taxas projetadas nos contratos de prazo mais longo.

Economistas destacaram a geração recorde de empregos formais registrada pelo Ministério do Trabalho em novembro: 246.695 vagas, muito acima da projeção de consenso do mercado (150 mil).

No contrato que aponta os juros para outubro de 2010, a taxa prevista subiu de 9,84% ao ano para 9,92%, enquanto no contrato de janeiro de 2011, a taxa projetada passou de 10,43% para 10,49%. Esses números ainda são preliminares e podem sofrer ajustes.

Leia Também

TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19
FAMILIA GRANDE
Mãe dá à luz quíntuplos em maternidade de São Paulo
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Por meio Dele Deus fez o Universo