Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Dólar sobe e fecha cotado a R$ 1,73

6 Jan 2010 - 18h00Por Reuters

O dólar fechou perto da estabilidade nesta quarta-feira, em uma sessão de poucas variações e influenciada principalmente pela cautela no mercado internacional antes de novos indicadores americanos. A moeda americana fechou a R$ 1,738, em alta de 0,35%.

Enquanto o mercado local fechava, o dólar tinha variação positiva de apenas 0,01% em relação a uma cesta com as principais moedas.

Sem grandes operações no Brasil, o dólar acompanhou a cautela do mercado cambial em todo o mundo. Os investidores evitam apostas muito arriscadas enquanto aguardam sinais mais definitivos sobre o início do ciclo de alta dos juros nos Estados Unidos neste ano.

A expectativa maior é com o relatório de emprego do governo dos EUA, a ser divulgado na sexta-feira. Caso a economia americana se mostre mais longe da crise, aumenta a chance de uma antecipação da alta do juro  o que tornaria o dólar mais atrativo, consequentemente.

Foram divulgados alguns dados nesta quarta, mas eles não tiveram força para movimentar muito o mercado. Houve redução das demissões no setor privado dos EUA em dezembro, para 84 mil cortes, e estabilização do setor de serviços, com índice a 50,1 no mês passado ante 48,7 pontos no mês anterior. Um número acima de 50 indica expansão do setor.

O volume no mercado de câmbio diminuiu em relação aos US$ 2,7 bilhões do dia anterior, com US$ 1,5 bilhão negociados até cerca de meia hora do fim dos negócios, segundo dados parciais compilados pela câmara de compensação (clearing) da BM&FBovespa  que exclui algumas operações, além do leilão de compra de dólares do Banco Central.

Fluxo cambial
A entrada de dólares no País continuou em dezembro pelo nono mês consecutivo, a US$ 1,986 bilhão, e levou o superávit cambial do País em 2009 a US$ 28,732 bilhões.

Foi o terceiro maior superávit anual da série histórica, iniciada em 1982. O recorde pertence a 2007, com US$ 87,454 bilhões em entradas líquidas.

"Para 2010, o cenário é menos positivo em termos de excesso de dólares no mercado. Estimamos um fluxo positivo de US$ 7 bilhões devido à piora nas transações correntes", disseram analistas do banco francês BNP Paribas, em relatório.

"Essa tendência está em linha com nossa previsão de que haverá pouco espaço para novas quedas do dólar."

O BC também informou a compra de US$ 3,486 bilhões no mercado à vista em operações liquidadas durante dezembro.

Com as compras em nível superior à entrada líquida de dólares no mês, a posição comprada dos bancos recuou para US$ 3,391 bilhões no final do ano passado, ante US$ 4,289 bilhões em novembro.

Leia Também

OMICRON
Brasil dobra contágio nas 24h e registra 74,1 mil novos casos de covid-19 e 121 mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Carne e Sangue como nós
ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9