Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
Busca
Brasil

Dólar fecha a R$ 1,761 e registra menor valor em 13 meses

5 Out 2009 - 17h25Por G1

O dólar comercial fechou em baixa nesta segunda-feira (5) e renovou o patamar mínimo em 13 meses ao fechar em queda de 0,95%, valendo R$ 1,761 para a venda, menor valor desde o início de setembro do ano passado.

"Hoje todos os fatores colaboraram: bolsas em alta, dólar (lá fora) em queda, commodities avançando. O dólar (aqui) apenas refletiu o bom humor nos mercados", disse Rodrigo Nassar, gerente de mesa financeira da Hencorp Commcor Corretora.

O mote para o otimismo era a esperança de uma boa temporada de balanços corporativos, além de números mostrando que o setor de serviços dos EUA expandiu-se pela primeira vez desde agosto de 2008, diminuindo o mau humor do mercado após os dados ruins do relatório de emprego na sexta-feira.

Os investidores aproveitavam o ambiente mais calmo para aplicar em ativos considerados de maior risco, como moedas de países emergentes e commodities. Como resultado, o dólar cedia ante moedas como o rublo russo, a rúpia indiana e o rand sul-africano, bem como frente a uma cesta com as principais divisas mundiais.

Ofertas de ações

Outro motivo para a nova desvalorização da moeda norte-americana, que agora acumula queda de 24,51% desde o início do ano (a cotação de fechamento de 2008 foi de R$ 2,333 para a venda), está a expectativa de entrada de mais dólares na economia brasileira.

O mercado brasileiro se prepara para um grande número de lançamentos e ofertas de ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Somente o Banco Santander pretende levantar R$ 15,6 bilhões com a oferta de ações cujo período de reserva de papéis terminou hoje.

Além do braço brasileiro do Santander, outras empresas de grande porte, como a companhia aérea Gol, a empresa de alimentos JBS e a construtora Cyrela vão usar ofertas de ações como forma de reforçar seu caixa e seus investimentos até o fim deste ano. A expectativa é que os estrangeiros participem, colocando mais dólares no mercado brasileiro.

Analistas da Corretora Santander ratificam a aposta na valorização de ativos brasileiros, entre eles a moeda nacional, citando como componente favorável para tal os bons fundamentos da economia brasileira. "Neste cenário, não faz sentido apostar contra a valorização dos preços destes ativos, como ações e a própria moeda do país", avaliaram em relatório.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado