Menu
SADER_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Dólar comercial registra sétima queda consecutiva

10 Set 2010 - 09h48Por G1
O dólar engatou a sétima queda seguida ante o real nesta quinta-feira (9), diante das contínuas perspectivas de ingressos da moeda no país, em mais um pregão com atuação dupla do Banco Central (BC).

A moeda norte-americana recuou 0,11%, a R$ 1,723 na venda, oscilando entre alta de 0,12% e queda de 0,17% ao longo da jornada.

"É natural esse comportamento do dólar hoje. Daqui para frente, essa vai ser a tônica do mercado com a expectativa pela atuação do BC", disse Moacir Marcos Junior, operador de câmbio da Interbolsa do Brasil.

"Você não tem motivo para (o dólar) subir. Tem para cair, mas aí o BC diz "não quero abaixo desse nível" e então o mercado fica reticente", completou.

Pelo segundo pregão consecutivo, a autoridade monetária realizou dois leilões de compra de dólares no mercado à vista, após na véspera ter seguido esse script pela primeira vez desde maio.

Ainda assim, profissionais do mercado avaliam que a tendência para a divisa dos EUA, ao menos no curto prazo, é de queda. Ele citam principalmente as volumosas estimativas de entradas advindas da gigantesca oferta de ações da Petrobras, que deve acontecer no final do mês, e de emissões de bônus por empresas.

"A questão é que ninguém tem certeza se os dólares da Petrobras serão integralmente internalizados. Nada impediria que parte desses recursos ficasse lá fora", ponderou Carlos Alberto Postigo, gerente de negócios da Casa Paulista Assessoria Bancária.

"Por conta disso, o pessoal está mais cuidadoso e diminuiu a venda de dólares, justamente para não se expor excessivamente", acrescentou.

O mercado também repercutiu as notícias de emissão de US$ 500 milhões em títulos de 10 anos pela empresa de papel e celulose Suzano e de cerca de US$ 4 bilhões de emissões de Telemar, BNDES, Vale e Odebrecht.

Postigo avaliou que, mesmo com a perspectiva de mais entradas no curto prazo, a expectativa por uma atuação mais firme do Banco Central deve manter a oscilação da moeda numa faixa mais estreita.

"O real já está valorizado no atual nível, e o BC está de olho nisso. Vamos ver se o mercado testa a disposição do BC em fazer um leilão de swap reverso, por exemplo."

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada