Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Dólar cai e fecha semana cotado a R$ 1,71

23 Out 2009 - 16h23Por Folha Online

O efeito "IOF" foi praticamente dissipado no mercado de câmbio na jornada desta sexta-feira. A expectativa de que o fluxo de recursos externo prossiga, apesar da nova taxação, derrubou as cotações apesar de nova intervenção do Banco Central (leilão de compra).

E nas últimas operações de hoje, o dólar comercial foi vendido por R$ 1,713, em um declínio de 0,69% sobre a cotação final de quinta. Os preços da moeda americana oscilaram entre R$ 1,721 e R$ 1,709. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,820, em baixa de 0,54%.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) retrai 0,59%, aos 65.741 pontos. O giro financeiro é de R$ 4,34 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York sofre queda de 1,05%.

Petrobras, Tam e Vivo são algumas das empresas brasileiras que lançaram operações para captar recursos no exterior. Em paralelo, continuam os IPOs (oferta de ações) na Bolsa brasileira, a exemplo de Cetip e Brooksfield, o que historicamente tem atraído participação importante de investidores estrangeiros.

O Banco Central informou hoje que o volume de investimento estrangeiro no mercado financeiro doméstico foi o maior da série histórica, iniciada em 1947. O valor chega a US$ 8,762 bilhões em setembro, considerado as estatísticas até esta sexta-feira. No mesmo período, saíram do Brasil US$ 4,3 bilhões.

Somando as aplicações financeiras com a conta comercial (exportações e importações), o fluxo cambial é de US$ 13,66 bilhões no mês.

Juros futuros

O mercado de juros futuros, que regula o custo do dinheiro nos bancos, projetou taxas menores para operações de prazo mais longo.

Entre as principais notícias do dia, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou inflação de 0,18% em outubro ante 0,19% em setembro, pela leitura do IPCA-15, prévia da inflação oficial. Analistas esperavam variação em torno de 0,28%.

No contrato que aponta as taxas para janeiro de 2010, a taxa prevista caiu de 8,66% ao ano para 8,65%; e no contrato de janeiro de 2011, a taxa projetada passou de 10,28% para 10,24%. Essas taxas são preliminares e ainda podem sofrer ajustes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego