Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 17 de maio de 2021
Busca
Brasil

Dólar cai e fecha na menor cotação desde abril

6 Set 2004 - 16h23

Apesar do fraco volume de negócios, o mercado financeiro doméstico apresenta recuperação nesta segunda-feira. O dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,9090 na compra e R$ 2,9110 na venda, com queda de 0,58%. Trata-se da menor cotação de fechamento desde o dia 26 de abril, quando ficou em R$ 2,9100. Na bolsa paulista, o movimento comprador prevalece. Na bolsa paulista, às 16h27, o Ibovespa subia 0,24%, somando 22.468 pontos.

A sessão é marcada por poucos negócios por conta do feriado do Dia da Independência na terça-feira e do feriado norte-americano do Dia do Trabalho, comemorado hoje.

No mercado de câmbio, segundo operadores, a divisa seguiu o sabor do fluxo de negócios, já que muitas empresas resolveram não abrir nesta segunda-feira.

Com o feriado na terça-feira, o Banco Central fará nesta segunda-feira a pesquisa de demanda por "hedge" no mercado para decidir se promove o leilão de venda de contratos de swap cambial na quarta-feira. No dia 16, vence um dívida cambial do governo de US$ 1,073 bilhão.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho