Menu
SADER_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Dólar abre em baixa de 0,45%, cotado a R$ 2,869

26 Out 2004 - 09h15
 

O dólar à vista abriu em baixa de 0,45% nesta terça-feira, sendo negociado por R$ 2,869 na compra e R$ 2,871 na venda. No mercado de títulos da dívida externa, os papéis brasileiros operam com alta e o risco-país apresenta estabilidade, aos 506 pontos-base.

O mercado financeiro nacional deve continuar monitorando o cenário internacional, principalmente no que diz respeito aos preços do petróleo. A commodity abriu em baixa e, se mantiver a tendência, terá o segundo dia seguido de queda. Com isso, os ativos podem passar por uma recuperação técnica.

A expectativa pela divulgação da ata da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) deve continuar como pano de fundo dos negócios. O documento será divulgado na próxima quinta-feira e deve justificar os motivos da elevação da taxa Selic em 0,5 ponto percentual, quando as apostas do mercado eram de uma alta de 0,25 ponto na taxa.

 

 

Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo