Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dirigentes do PR de MS acham que apoiar Dilma seria coerente

26 Mai 2010 - 16h36Por Mídia Max
O PR de Mato Grosso do Sul ainda não decidiu quem apoiará nas eleições presidenciais. O partido deve definir entre as duas pré-candidaturas, a do PT, Dilma Rousseff e a do PSDB, José Serra. Contudo, os dirigentes da legenda no Estado avaliam que a escolha pela primeira alternativa seria mais coerente visto que a sigla já está aliado aos petistas nacionalmente.

O presidente regional do partido, deputado estadual Londres Machado (PR) informa que reunirá os prefeitos e lideranças do partido, em data ainda não definida, para tomar uma decisão em conjunto. Londres aguarda apenas a recuperação da esposa, a prefeita de Fátima do Sul, Ilda Machado, que passou por uma cirurgia no ombro para marcar a reunião.

Apesar de se aliar aos petistas nacionalmente, o PR liberou os estados para definirem suas próprias parcerias. Contudo, pediu aos dirigentes regionais que fizessem um esforço para acompanhar a decisão nacional do partido.

Londres diz que pretende manter uma postura de neutralidade na reunião que ouvirá as lideranças. Mas revela sua inclinação pessoal. “Se dependesse de mim, eu faria um esforço para atender ao partido”, respondeu.

O vice-presidente regional do partido, o também deputado estadual Paulo Corrêa afirma que é necessário respeitar a vontade das bases. Hoje, o PR, segundo ele tem 11 prefeitos e 70 vereadores. “Mas, eu também acho que seria mais coerente seguir a decisão da nacional, ou seja, seguir Dilma”, admitiu.

O PR está inserido no projeto de reeleição do governador André Puccinelli (PMDB) que deve apoiar o tucano José Serra. Mas, para os dirigentes do PR, a escolha do governador não terá qualquer influência sobre as decisões do PR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI
BRASIL - 153.905 MORTES
Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga hoje auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão do Bolsa Família
BRASILEIRÃO
Com possível 'adeus' de Soteldo, Santos vence o Coritiba fora de casa
HORÁRIO DE VERÃO
HORÁRIO DE VERÃO: Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo
GOVERNO NA CONTRA-MÃO
Bolsonaro: Vacina contra a covid-19 não será obrigatória
BRASIL -152.460 MORTES
Covid-19: Brasil tem 713 óbitos e 28.523 novos casos em 24h
INSS - BLOQUEIO
INSS prorroga interrupção de bloqueio de benefícios