Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Diretor da McLaren admite largar a Fórmula 1

13 Jul 2004 - 14h17
O atual projetista e diretor técnico da McLaren, Adrian Newey, admitiu à rede de TV BBC que pode deixar a Fórmula 1 em 2005. Considerado um dos projetistas que melhor usa a aerodinâmica, Newey estaria desgastado na McLaren, após o difícil processo de construção dos últimos modelos.
O MP4/18, apresentado no meio de 2003, nem chegou a competir e o MP4/19 apresentou diversos problemas na primeira metade do campeonato de 2004. Somente após o lançamento do MP4/19B, a equipe reagiu.
"Meu contrato com a McLaren vai até 31 de julho de 2005. Portanto, serei o diretor técnico até esta data. Mas depois disso, teremos de esperar para saber o que vai acontecer. Honestamente, não ainda não tomei nenhuma decisão. No momento, estou trabalhando no carro para a próxima temporada. Depois disso, irei pensar na vida", afirmou Newey, projetista dos carros campeões mundiais de 1992, 1993, 1996 e 1997 (Williams), e 1998 e 1999 (McLaren).
 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem