Menu
SADER_FULL
sexta, 26 de fevereiro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Dilma quer executivo do Safra na Infraero

3 Fev 2011 - 09h14Por Folha de SP

O governo federal já decidiu quem deseja colocar no comando da Infraero: o presidente do Banco Safra, Rossano Maranhão.

Dilma Rousseff quer anunciar o futuro titular da empresa em março e sacramentar a criação da Secretaria de Aviação Civil, órgão com status de ministério que subordinará não só a Infraero como também a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Ex-presidente do Banco do Brasil em parte do governo anterior, Maranhão já recusou, no passado, um convite de Lula para comandar a estatal que administra o setor aeroportuário.

Em 2007, na crise aérea, ele havia sido chamado pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, mas recusou a oferta.

A assessoria de Dilma já fez um diagnóstico dos problemas do setor.
Avalia que quase a metade dos aeroportos brasileiros precisa de grandes reformas. Além de reestruturar completamente a companhia, ela ordenou uma troca de quase toda a diretoria da empresa.

Segundo a Folha apurou, a presidente também já sabe quem será o futuro ministro da Aviação Civil. Só não os nomeou ainda porque ambos estariam se desvencilhando de assuntos particulares e profissionais para ingressar nas novas funções.

A ideia é fazer um anúncio conjunto desses dois nomes.

Dilma quer reestruturar completamente a companhia. Na campanha eleitoral, prometeu diversas vezes abrir o capital da Infraero.

Sua principal preocupação é preparar os aeroportos do país para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

FAVORITO

Rossano Maranhão está na lista de cotados desde novembro do ano passado. Seu nome acabou ganhando força nas últimas semanas.

Durante o governo de transição, Dilma também pensou em nomear Alessandro Teixeira para presidir o órgão, mas desistiu da ideia quando este foi chamado para assumir a secretaria-executiva do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

Dilma decidiu entregar à iniciativa privada a construção e a operação dos novos terminais dos aeroportos.

A presidente cogita fazer isso com dois dos principais aeroportos do país, Guarulhos e Viracopos.

As empresas TAM e Gol teriam manifestado interesse na construção e na operação de novos terminais.

As mudanças no setor devem ser confirmadas pelo governo por meio de uma medida provisória que inclui a abertura do capital da Infraero e a criação da secretaria, hoje subordinada ao Ministério da Defesa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas
BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas