Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Dilma nomeia 75% mais mulheres que antecessor no 1º mês

8 Fev 2011 - 11h48Por Folha Online

Em seu primeiro mês de governo, a presidente Dilma Rousseff conseguiu imprimir pelo menos uma diferença em relação ao padrinho político Lula, além do estilo mais técnico e reservado: a nomeação de mulheres no segundo escalão da administração federal cresceu 75%.

Para chegar ao índice, a Folha fez um levantamento considerando todas as nomeações publicadas em "Diário Oficial" desde 1º de janeiro para cargos de chefia e direção de autarquias e estatais e para os DAS (cargos comissionados) níveis 5 e 6 na administração federal.

Até 4 de fevereiro de 2003, o ex-presidente Lula ou seu então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, assinaram apenas 44 nomeações de mulheres para esses cargos, num universo de 271 atos publicados em "Diário Oficial".

A participação feminina representava, portanto, 16,2% do total.

Com Dilma, o número de mulheres nomeadas no mesmo período é de 68, mas num total menor de nomeações (240).

Ou seja, 28,3% das nomeações de Dilma para o segundo escalão do governo é de mulheres.

META

Durante o governo de transição, a presidente tinha estipulado informalmente uma cota feminina para a formação de seu ministério.

Pelo plano inicial de Dilma, um terço das 37 pastas do governo deveriam ser chefiadas por mulheres.

Em termos numéricos, o boom na proporção feminina no novo governo é puxado pelas nomeações para o gabinete pessoal da presidente.

São nove mulheres já nomeadas por Dilma como suas auxiliares diretas, em cargos de assessoramento DAS 5 e 6.

Ao todo, as nomeações de mulheres já atingiram 25 dos 37 ministérios do governo Dilma Rousseff.

No primeiro mês do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, foram 18 as pastas contempladas com participação feminina.

MINAS E ENERGIA

Apesar do aumento no número de mulheres no segundo escalão do governo, um dado curioso é que, no Ministério de Minas e Energia, pasta sobre a qual a presidente detém maior influência técnica, não houve nomeação de nenhuma mulher em cargos de peso neste primeiro mês de governo.

A pasta, comandada por Edison Lobão (PMDB-MA), mantém cinco mulheres num total de 42 altos cargos no ministério --11% do total.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa