Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Dia de violência no Iraque mata pelo menos 30 pessoas

30 Abr 2007 - 15h24
Pelo menos 30 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas hoje, em mais uma onda de violência que castigou diversas regiões do Iraque, segundo fontes de segurança locais.

As fontes explicaram que o atentado que deixou mais mortos foi cometido por um suicida em um funeral na localidade de Khalis, 70 quilômetros ao norte de Bagdá. O ataque deixou 15 mortos e mais de 20 feridos, segundo o escritório de segurança da província de Diyala.

O suicida detonou seu cinto de explosivos no meio de uma tenda montada pela família do morto para receber as condolências.

Após o atentado, às 19h (13h em Brasília), um grande número de ambulâncias chegou ao lugar para transferir os mortos e feridos aos hospitais de Diyala.

Um responsável da administração local, Adi al-Khadran, assegurou que o suicida conseguiu entrar na tenda devido à falta de medidas de segurança durante o funeral.

Segundo Khadran, o terrorista se juntou a vários familiares na cerimônia e se deslocou até o centro antes de explodir as bombas.

Um confronto entre um grupo rebelde e forças de segurança deixou ainda seis insurgentes mortos na cidade de Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá, segundo fontes policiais.

De acordo com o relato do general-de-brigada Said Ahmed al-Jabouri, porta-voz da Polícia de Mossul, os combates começaram quando o grupo armado tentou atacar uma delegacia da cidade, o que motivou a resposta policial.

Jabouri assegurou que dezenas de insurgentes armados participaram do ataque, no início da manhã.

Também em Mossul, dois policiais morreram e um ficou ferido por causa da explosão de um carro-bomba no sudeste da cidade.

A bomba explodiu enquanto uma patrulha policial de reforço passava, dirigindo-se à delegacia atacada pelos insurgentes.

Além disso, as ações violentas registradas hoje em Bagdá acabaram com a vida de pelo menos sete pessoas e deixaram 44 feridas, informaram porta-vozes da segurança.

Segundo eles, a explosão de um automóvel carregado de explosivos matou dois civis e feriu 15 na praça de Nosur, no bairro de Yarmouk, situado no oeste da capital.

A explosão do carro, às 10h (3h em Brasília), destruiu uma ponte na região. As fontes afirmaram que o atentado tinha como alvo uma patrulha das forças de elite do Ministério do Interior que passava pela área no momento da detonação.

Dezenas de carros ficaram danificados, e a explosão foi ouvida em diferentes pontos, à grande distância da praça.

Em outra tragédia, um civil morreu e quatro ficaram feridos devido à explosão de duas bombas na região sul de Bagdá, nos bairros de Al-Bayaa, de maioria xiita, e de Al-Daura, considerado um bastião dos grupos radicais sunitas.

Poucas horas depois, também em Al-Bayaa, na Avenida 13, um atentado com um carro-bomba tirou a vida de duas pessoas e deixou oito feridas.

O ataque causou o incêndio de uma casa e de uma loja, além de deixar em destroços outros estabelecimentos comerciais e casas próximas.

Em outro incidente, uma pessoa morreu e nove ficaram feridas com a explosão de bombas nas imediações da mesquita Al-Yamea, na área de Al-Chaab, no nordeste de Bagdá.

Pouco depois, no leste da capital, no setor de Al-Talbiya, um atentado a bomba matou um civil e feriu quatro.

A violência persiste no Iraque apesar dos rígidos planos de segurança impostos no dia 14 de fevereiro, em Bagdá, e, posteriormente, em Mossul e outras áreas do país.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos