Menu
SADER_FULL
domingo, 29 de março de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dez morrem em ataque dos EUA em Fallujah, no Iraque

6 Jul 2004 - 07h56
O governo interino do Iraque anunciou ter colaborado com as forças dos Estados Unidos no bombardeio aéreo de uma casa na cidade de Falluja, que matou pelo menos dez pessoas nesta segunda-feira.

Esse foi o primeiro ataque do tipo realizado pelos Estados Unidos no Iraque desde que a soberania sobre o país foi entregue ao gabinete de governo iraquiano, no dia 28 de junho.

De acordo com o primeiro-ministro iraquiano, Iyad Allawi, o governo do país forneceu informações aos Estados Unidos para uso no ataque.

Segundo o correspondente da BBC em Bagdá, Julian Bedford, o ataque demonstra a dificuldade que o novo governo enfrenta em seu relacionamento com o Exército dos Estados Unidos.

Além disso, acrescenta Bedford, há o perigo de que os iraquianos achem que o novo governo esteja apenas "seguindo onde os Estados Unidos lideram".

Seis bombas

Um porta-voz militar americano disse que o alvo do bombardeio foi uma residência suspeita de ser usada como esconderijo por simpatizantes do líder militante Abu Musab Al-Zarqawi.

O bombardeio foi o quinto americano em Falluja desde o dia 19 de junho.

O comando militar americano confirmou que seis bombas foram lançadas por aviões sobre a cidade.

Os Estados Unidos vêm atacando casas usadas por militantes ligados a Zarqawi, tido como um dos líderes da organização extremista Al-Qaeda.

Os americanos afirmam que Falluja se tornou uma fortaleza para seguidores de Zarqawi e, na semana passada, os americanos aumentaram para US$ 25 milhões a recompensa pela captura do líder militante.

Zarqawi, que é jordaniano, é considerado o autor intelectual de uma seqüência de atentados suicidas no Iraque.

Ele também é acusado de envolvimento na decapitação de dois reféns estrangeiros no Iraque, o americano Nick Berg e o sul-coreano Kim Sun-il.

Uma força militar exclusivamente iraquiana assumiu em maio o controle de Falluja, cuja população é em sua maioria muçulmana sunita, depois que a cidade foi sitiada por um mês pelos americanos.

 

BBC Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ATENÇÃO COMÉRCIO
Em novo Decreto, confira o que vai poder abrir e permanecer fechando nesta segunda em Fátima do Sul
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Justiça suspende trecho decreto de Bolsonaro que livra igrejas de quarentena
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Senado votará na segunda auxílio de R$ 600 para trabalhadores
TRABALHO VOLUNTÁRIO
Detentas começam confeccionar máscara de proteção para atender Jateí, Vicentina e Fátima do Sul
COVID-19 NO BRASIL
Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde
PANDEMIA CORONAVIROS
São Paulo tem 68 mortos por coronavírus, média de uma a cada 2 horas e 20 minutos, e 1.223 casos
LINHA DE CRÉDITO
Governo lança pacote de R$ 40 bi para socorrer pequenas e médias empresas
AMOR AO PROXIMO
Xuxa vai doar R$ 1 milhão ao SUS para combate ao coronavírus
77 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 27 de março
REFORÇO
Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês ao trabalhador informal por conta do coronavírus