Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Desembargador federal é preso em Operação da PF

13 Abr 2007 - 09h54
O desembargador José Eduardo Carreira Alvim, preso hoje na "Operação Furacão" da Polícia Federla, já atuou como professor em diversas instituições de ensino do Direito e como diretor-geral da Escola de Magistratura Federal - Emarf.

Ele é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Como jurista, Carreira Alvim integrou a Comissão de Reforma do Código de Processo Civil. Ele é Coordenador do Curso de Mestrado em Direito da Universidade Iguaçu - UNIG e Professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sendo também o coordenador acadêmico do Instituto de Pesquisa e Estudos Jurídicos - IPEJ-RJ. O desembargador é membro permanente do Instituto Brasileiro de Direito Processual - IBDP

É autor de diversos livros, como "Comentário à Lei dos Juizados Especiais Federais", lançado em parceria com sua filha Luciana Gontijo Carreira Alvim.

Durante o processo eleitoral novos dirigentes do Tribunal Federal Regional da 2.ª região, do qual é vice-presidente, Alvim - com 14 anos de tribunal - bateu boca com concorrentes na eleição. Ele disse ter sido vítima de escuta ambiental e grampos telefônicos.

Em junho de 2006, o desembargador determinou a liberação de 900 máquinas caça-níqueis recolhidas de casas de bingos em Niterói. Um pedido de liminar para o mesmo caso já tinha sido negado pelo relator, desembargador Sérgio Feltrin. Mas a decisão de Alvim acabou suspensa pelo presidente do Tribunal, Frederico Gueiros.

Esta é a primeira vez na História do Brasil em que, não por um crime comum, mas sim por acusação de envolvimento com o crime organizado, é preso um desembargador federal.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020?
Talvez seja inevitável adiar eleições municipais, diz Barroso
BRASIL 22.165 MORTES
Covid 19: Brasil tem mais de 22 mortes e 341 mil casos
FEMINICÍDIO
Homem mata a própria companheira por causa do auxílio emergencial
ESTRAGOS DO MORO
Veja os principais pontos da reunião ministerial que teve gravação divulgada pelo STF
ENEM
Enem 2020 é adiado por causa da Covid
SOB INVESTIGAÇÃO
Delegado diz que namorada viu mensagens no celular atirou nele e se matou
VITIMA DA COVID 19
Edivaldo perdeu o filho de 26 anos: 'Falaram que em 15 dias ele já estaria recuperado'
3º EM NUMERO DE CASOS
Brasil passa de 19 mil mortes e 296 mil casos de coronavirus; veja por Estado
Qual estratégia de negócios é a melhor?
Qual estratégia de negócios é a melhor?
600TÃO DA CAIXA
Caixa paga hoje novos lotes de R$ 600; veja quem recebe