Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Deputados se xingam de "corrupto" e "moleque"

1 Dez 2004 - 16h12
Câmara aprovou a medida provisória que dá status de ministro ao presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, por 253 votos a favor, 145 contra e 4 abstenções. Durante as discussões um embate entre o deputado federal João Batista Babá (sem partido-PA) e o deputado Ricardo Fiúza (PP-PE) acabou marcando a sessão.

O deputado Babá foi à tribuna e fez acusações ao relator da MP, deputado Ricardo Fiúza, chamando-o de corrupto. "O deputado Ricardo Fiúza foi escolhido a dedo. Quase esteve envolvido no escândalo da CPI do Orçamento, defendeu o presidente Collor contra o impeachment aqui na Câmara", disse Babá.

Fiúza reagiu: "Moleque, vagabundo, não brinque comigo, nunca lhe ofendi nem lhe dei liberdades." Mas o deputado Babá continuou disparando: "Corrupto, é da tropa de choque do Collor."
 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias