Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 4 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Deputados de MS recebem 75% da verba dos federais

7 Abr 2007 - 10h45
 

A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul está entre as três do País que paga aos deputados estaduais 75% do total da verba dos deputados federais, conforme levantamento divulgado hoje pela agência de notícias G1.

Os outros dois estados em que os parlamentares têm direito a R$ 11,25 mil de verba indenizatória e R$ 38, 1 mil de verba de gabinete são Bahia e Tocantins. Mensalmente, os 24 deputados de Mato Grosso do Sul recebem um total de R$ 49.350,00 entre verba indenizatória (R$ 11.250,00) e verba de gabinete (R$ 38.100,00).

Em doze estados, a soma da verba indenizatória e da verba de gabinete superam os R$ 50 mil. Conforme o levantamento do G1, nos 26 estados e no Distrito Federal, o salário dos parlamentares (R$ 9,6 mil) é equivalente a 75% do subsídio do deputado federal, cuja remuneração é de R$ 12.847,00.

Já os deputados da Câmara Legislativa do Distrito Federal e os da Assembléia de São Paulo recebem verbas indenizatória e de gabinete superiores às dos próprios deputados federais, segundo levantamento do G1. Os parlamentares dessas duas casas legislativas têm direito a mais de R$ 90 mil mensais com estes benefícios, contra R$ 65,8 mil da Câmara dos Deputados.

A verba indenizatória é o dinheiro que o deputado recebe para o ressarcimento de despesas decorrentes da atividade parlamentar, como combustível, viagens, material de escritório, entre outras. A verba de gabinete é destinada ao pagamento dos salários de assessores e funcionários a serviço do deputado.

Portanto, se a Câmara dos Deputados reajustar os salários, haverá um efeito cascata nas assembléias. Em muitos estados, a vinculação é prevista em lei, ou seja, se o salário do deputado federal aumenta, o do estadual sobe automaticamente. Em outros estados, é preciso a aprovação de um projeto de lei na assembléia para que o reajuste seja aplicado.

A Câmara deverá elevar os subsídios dos parlamentares de R$ 12.847 para R$ 16.250, que corresponde ao índice de inflação (26,49%) medido pelo IPCA nos últimos quatro anos. Dessa forma, o salário dos deputados estaduais e distritais pode subir para R$ 9,6 mil para R$ 12,2 mil.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
TRAGEDIA
Empregada vai passear com cachorro, deixa filho com patroa e menino morre ao cair de prédio
FUTEBOL
Clubes de futebol brasileiros se unem contra homofobia
ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia