Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Deputados de MS gastam R$ 390 mil com divulgação do mandato

8 Dez 2009 - 16h49Por Campo Grande News

Desde o início do mandato, em 2007 até ontem (07), cinco deputados federais de Mato Grosso do Sul gastaram R$ 389.491,07 com consultoria e divulgação através da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (a antiga verba indenizatória), conforme dados do projeto Excelências, da Transparência Brasil.

Geraldo Resende (PMDB) lidera o ranking de gasto nesta modalidade com R$ 193.651,69, seguido pelos petistas Antônio Carlos Biffi (R$ 117.804,88) e Vander Loubet (R$ 62.084,50) e pelo peemedebista Waldemir Moka (R$ 15.950,00).

Os outros três deputados federais – Antônio Cruz (PP), Dagoberto Nogueira (PDT) e Nelson Trad (PMDB) – não usaram a cota para pagar consultoria e divulgação. No entanto, nenhum dos oito parlamentares recebeu menos de R$ 317.022,36 de indenização (valor recebido por Cruz).

Se o gasto com divulgação parece grande para o padrão da maioria da população, gigante é o valor dos deputados federais com viagens: 4 vezes mais. Os congressistas gastaram R$ 1.564.100,48 com transporte e estadia.

Neste critério, o campeão passa a ser Antônio Cruz com R$ 311.224,76, seguido de Nelson Trad (R$ 291.599,90) e Dagoberto (R$ 286.768,91). Além disso, os oito deputados federais receberam R$ 360.619,70 e R$ 110.116,19 da cota referente a aluguel e gastos diversos.

Criada em maio, a cota única reúne os gastos da cota postal-telefônica, da verba de transporte aéreo e da verba indenizatória ressarcindo as despesas com passagens aéreas, telefonia, serviços postais, manutenção de escritórios, fornecimento de alimentação do parlamentar, hospedagem, locação ou fretamento de aeronaves, embarcações e veículos automotores, combustíveis e lubrificantes; serviços de segurança e divulgação da atividade parlamentar.

Ao comprovar o gasto, os deputados federais recebem o reembolso. Eles têm até 90 dias para apresentar a comprovação do gasto. No caso dos parlamentares de Mato Grosso do Sul, o limite mensal é de R$ 30.419,48.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada