Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Deputado faz greve de fome para ser julgado

11 Dez 2006 - 16h51
O deputado João Correia (PMDB-AC) anunciou nesta segunda-feira no plenário da Câmara que começa hoje uma greve de fome com o intuito de mobilizar o Conselho de Ética a julgar o seu processo ainda este ano. Correia é acusado de participar da máfia dos sanguessugas.

O deputado não foi reeleito e, como o colegiado julgou apenas um dos 67 processos (de Celcita Pinheiro, do PFL de Mato Grosso), o seu deve ser arquivado. Isso, no entanto, não é suficiente para Correia. "Eu não tenho competência para carregar essa culpa. Eu quero ser julgado e que digam se sou culpado ou inocente", afirmou.

O prazo para julgamento dos deputados termina no dia 22, data que começa o recesso parlamentar. No próximo ano, apenas os processos dos cinco deputados reeleitos devem ser reabertos.

Correia tentou informar o presidente do Conselho, Ricardo Izar (PTB-SP), sobre a sua greve de fome, mas não conseguiu localizá-lo. A assessoria do colegiado informou que o deputado tem realmente agido diferente dos outros julgados, comparecendo a todas as sessões e fazendo questão de depôr.

A secretária-geral da Câmara deu o aval à greve de Correia em razão de precedentes deste tipo, como a greve de fome feita pelo então deputado Siqueira Campos em 1985 pela criação do estado de Tocantins.

 

 

Terra Redação

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço