Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Depois do sucesso do futebol MS pode sediar Pré-Olímpico de Basquete

22 Out 2009 - 17h40Por Fátima News, com Assessoria

O senador Delcídio Amaral(PT/MS) recebeu em audiência, em Brasília, o presidente da Confederação Brasileira de Basquete, Carlos Nunes, a diretora de Basquete Feminino da CBB, Hortência Marcari, o vice-presidente, Reginaldo Senna e o presidente da Federação de Basquete de Brasília, Fernando Mello. Os dirigentes apresentaram ao parlamentar a proposta de realizar em Mato Grosso do Sul

 

 o pré-olímpico masculino de 2011 , que é classificatório para as Olimpíadas de 2012.

 

 

“Acreditamos que Mato Grosso do Sul, com ginásios adequados e ampla rede de hotéis, reúne a estrutura necessária a sediar esse mega evento do basquete mundial. Por isso, viemos pedir o apoio do senador Delcídio, que é um parlamentar ligado ao esporte e sabe a importância de um evento como o pré-olímpico não só para a divulgação do nome do estado, mas também como incentivo à formação de novos atletas”, afirmou o presidente da CBB.

 

 

Delcídio, que viabilizou junto à CBF a realização do jogo Brasil X Venezuela em Campo Grande , entusiasmou-se com a proposta.

 

 

“O sucesso do jogo promovido da Seleção Brasileira de futebol em Campo Grande , com certeza, nos credencia a receber outras competições de nível internacional. Tudo funcionou perfeitamente. A hospedagem e o treinamento dos atletas, o deslocamento da torcida, o esquema de segurança, enfim, o que nos coube na organização do evento foi cumprido à risca. A população tratou com muito carinho os jogadores e quase não reclamou  do placar de 0 x 0. Vamos estudar com muito interesse essa proposta, avaliar os custos e buscar uma forma de trazer o pré-olímpico de basquete para Mato Grosso do Sul. Com certeza é uma competição que vai dar visibilidade positiva ao nosso estado, movimentar hotéis, bares, restaurantes, gerar riquezas, empregos,motivar nossos jovens e, além de tudo, alegrar a população” , acredita o senador.

 

 

O presidente da CBB revelou que ainda não se tem os custos para realizar a competição, mas prometeu uma estimativa dentro de, no máximo, 30 dias.

 

 

Hortência Marcari, que atuou como jogadora por 20 anos e hoje é dirigente do basquetebol feminino, saiu do encontro confiante.

 

 

“O basquetebol brasileiro está realmente se profissionalizando. Por isso viemos pedir a ajuda do senador Delcídio para realizar o nosso projeto não só para os Olimpíadas de Londres , em 2012, como também para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Hoje, temos garotas sub-15 treinando em São Paulo , meninas do sub-17 no Chile, jogando o campeonato sul-americano. Elas são as nossas futuras jogadoras de 2016. Por isso temos que trabalhar juntos. A classe política, ajudando a viabilizar  a parte estrutural, os dirigentes cuidando da organização dos eventos e a iniciativa privada viabilizando os patrocínios. Enfim, temos que nos unir para atingir os resultados que os atletas desejam e o torcedor espera",  avalia Hortência.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada