Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Deodápolis espera atingir meta de campanha contra poliomielite

12 Jun 2010 - 09h00Por MS Notícias

A Prefeitura Municipal de Deodápolis, através da Secretaria Municipal de Saúde participa neste sábado dia 12 de Junho da 1º etapa da Campanha Nacional contra a Poliomielite, que desta vez tem o lema: Vacinou é Gol! “Vamos vestir a camisa da vacinação infantil”.

Segundo o Secretário Municipal de Saúde Fábio César, o objetivo é imunizar 100% das crianças menores de 05 anos. Mais uma vez a Secretaria Municipal de Saúde convoca os pais e responsáveis por menores de cinco anos, que devem assumir o compromisso de levar as crianças para tomar as gotinhas que protegem contra a poliomielite, pois temos que formar uma proteção individual e coletiva, para reduzir o risco de reintrodução da doença, conclui Fábio César. Todas as equipes de vacinação da secretaria estarão de prontidão nos postos de saúde dos distritos de Lagoa Bonita, Presidente Castelo, Vila União e Porto Vilma e na sede do município na unidade básica de saúde e ESF central. O horário da vacinação é das 7:30 as 17 horas e alertamos os pais que levem seus filhos e os cartões de vacina como é de costume para tomar a vacina.

Segundo a técnica do PNI Silvana Gões, esperamos alcançar meta mais uma vez e o objetivo da secretaria é imunizar todas as crianças, para que possamos assegurar a qualidade, agilidade e continuidade desta campanha que se encontra disponível em todos os postos de saúde no município conclui Silvana. A Secretaria de Saúde de Deodápolis avisa também que continua a vacinação contra a influenza H1n1, crianças de 06 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias, adultos 20 a 29 anos e 30 a 39 anos procure uma unidade de saúde mais próxima de sua casa.

Nos dias de campanha contra a pólio as equipes de saúde aproveitam para atualizar o cartão de vacinas das crianças, e colocar em dia as vacinas contra doenças como coqueluche, sarampo, difteria, rubéola, tétano e rota vírus. Em geral, tomar duas ou mais vacinas no mesmo dia não oferece risco à saúde das crianças. Na dúvida, pais ou responsáveis devem consultar um médico. É importante lembrar que, após tomar a vacina, o organismo leva até 14 dias para estar totalmente protegido. As pessoas devem procurar a Secretaria de Saúde do seu município para buscar orientações sobre dias e horários de funcionamento dos postos. 

Outro ponto importante é sobre a vacinação diferenciada das crianças, que precisam tomar duas meias doses da vacina, para garantir uma imunização completa contra o vírus da gripe H1N1. A segunda dose deve ser tomada 21 dias depois da primeira. Neste caso, se a criança tomar a primeira dose no dia da campanha da paralisia infantil, os pais e responsáveis devem ficar atentos para levá-las aos postos novamente, para a segunda dose destaca técnica de vacinação Sandra.

Para o prefeito Manezinho "as equipes de vacinadores estão preparados para,

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem