Menu
SADER_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
Busca
DOURADOS

Dengue hemorrágica mata mulher de 74 anos em Dourados

9 Fev 2010 - 08h21Por Dourados Agora

Uma senhora de 74 anos morreu na noite de ontem, no Hospital Evangélico de Dourados, vítima de complicações no quadro de dengue. Conforme o atestado de óbito assinado pelo médico, a paciente - que residia no Jardim São Pedro - foi a óbito em decorrência de hemorragia digestiva e dengue, entre outros.

Segundo noticiou o Douradosagora e o jornal O Progresso, nas edições de 3 de fevereiro, pelo menos duas pessoas, uma mulher de Rio Brilhante e uma criança estavam internadas na UTI do Hospital Universitário (HU). À época, outra pessoa - também com os sintomas dengue hemorrágica - estava internada no Hospital Evangélico (HE).

O setor de enfermagem do HU informou que desde o início da epidemia em janeiro, já houve vários pacientes com suspeitas de dengue hemorrágica internadas no hospital.
Além dos dois pacientes possivelmente com dengue hemorrágica, no HU ainda havia até o dia 2, mais cinco pessoas internadas com suspeitas de dengue clássica.

O secretário municipal de Saúde, Mário Eduardo Rocha, reconhece que a situação de Dourados é crítica, com o avanço da epidemia no município. Ele pediu o empenho da população para ajudar a combater a dengue. “Não basta apenas as ações do poder público, a população precisa ajudar nesta guerra contra o mosquito”, disse.

Conforme dados da Vigilância Epidemiológica, em Dourados, de janeiro até agora, já são quase 2.000% de aumento dos casos, em relação ao mesmo período do ano passado.  O último boletim divulgado dia 2, apontava que já eram 526 notificações, sendo 195 positivas, 55 negativas e 276 pendentes. 

O Exército está colaborando com os mutirões de combate a dengue no município que reforçou o quadro da Saúde com a contratação de  45 agentes, além de três médicos infectologistas para dar suporte nos hospitais. 

CLASSIFICAÇÃO
O secretário informou que a dengue pode ser classificada em três graus. Em 1º grau, a pessoa sente muita febre, dor no corpo e ao redor dos olhos. Neste caso ela precisa de bastante hidratação. Se evoluir a um quadro que não consegue beber água, apresenta náuseas e vômitos, já pode ser classificada como 2º grau. O paciente precisa ser hidratado com soro, nas unidades básicas de saúde.

Se for dengue de 3º grau, a pessoa apresenta pressão baixa, que pode evoluir para choque hipovolêmico, o que requer internação. O estágio mais avançado da dengue é quando evolui para hemorragia, com sangramento da gengiva e pintas vermelhas na pele.

Em todos os casos, segundo o secretário, o paciente deve procurar um médico no posto de saúde mais próximo e tomar muita água para hidratar. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta