Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

DEM e PSDB selam trégua e reafirmam aliança para 2010

25 Nov 2009 - 07h10Por Folha Online
DEM e PSDB reforçaram ontem o compromisso de firmar aliança em 2010 em torno do candidato escolhido pelos tucanos para a corrida ao Palácio do Planalto. Apesar da demora do PSDB em definir o nome do candidato e das recentes críticas da cúpula do DEM à indefinição tucana, os dois partidos se reuniram num almoço para dar início ao planejamento da campanha presidencial mesmo sem a definição da chapa que será lançada na corrida presidencial.
O presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), disse que os dois partidos deram início ao planejamento financeiro da campanha e às estratégias de ação conjunta em 2010 com o objetivo de “afinarem o discurso”.
O DEM estava representado pelo presidente do partido, Rodrigo Maia (RJ), e por líderes da legenda na Câmara e no Senado. Pelo PSDB, além de Guerra, também participaram deputados e senadores do partido.
“O encontro não teve nada a ver com lançamento de candidatura. Restabelecemos as reuniões de líderes dos partidos para maior eficiência da oposição”, disse Guerra.
Segundo o tucano, a atuação pré-eleitoral do DEM e PSDB vai ter início mesmo sem que o partido tenha escolhido entre o governador José Serra (PSDB-SP) ou Aécio Neves (PSDB-MG) como candidato em 2010.
“Resolvemos não discutir isso. Fizemos uma pauta pró-ativa, não de cobrança. Começamos a avaliar como será essa campanha”, afirmou Guerra.
O líder do DEM, José Agripino Maia (RN), disse que a disposição do partido é de dar apoio integral ao PSDB, sem cobranças pela definição do candidato. “Fica difícil para o eleitor tomar um posicionamento claro, ele está impaciente porque não sabe quem é o candidato. A aliança vai ser feita, mas a responsabilidade de definir o candidato é do PSDB, assim como a tarefa de unir os seus dois pré-candidatos”, disse Agripino.
Recentemente, o presidente do DEM fez críticas públicas ao governador de São Paulo, José Serra (PSDB), e à demora do PSDB em definir o seu candidato. Parte do DEM é favorável à escolha do governador de Minas Gerais para disputar o Palácio do Planalto, enquanto outro grupo do partido defende o apoio a Serra, como o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM).
Guerra assegurou, porém, que eventuais divergências entre integrantes do DEM e PSDB foram superadas -uma vez que o encontro ocorreu a pedido de Rodrigo Maia. “O que passou, passou”, disse o tucano. Segundo o senador, as eventuais diferenças entre as legendas não foram discutidas no almoço.

ENCONTRO

Na semana passada, a cúpula do DEM se reuniu para unificar o discurso do partido às vésperas das eleições de 2010. Com divergências internas provocadas pela indecisão dos tucanos em definir o nome do candidato, os democratas prometeram adotar um discurso único de apoio ao PSDB -evitando as críticas públicas aos tucanos.
Segundo Agripino, DEM e PSDB decidiram ontem criar uma espécie de “fórum” para debater problemas relacionados à campanha eleitoral de 2010. “O fórum vai debater temas que só têm soluções se passarem pelos partidos. Vamos ter um encontro antes do Natal dos governadores do DEM e PSDB, assim como das lideranças partidárias”, disse o senador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade