Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

DEM ameaça expulsar Vereadores presos na Uragano

3 Set 2010 - 17h51Por Fátima News com assessoria

O vice-governador Murilo Zauith (DEM), disse que Dourados vai superar todo esse momento negativo gerado pela prisão do prefeito Ari Artuzi (PDT), do vice-prefeito Carlinhos Cantor (PR), de secretários municipais e vereadores. “Como cidadão que ama Dourados, estou triste e profundamente chateado com esta situação que expôs nossa cidade de forma tão negativa no cenário nacional e internacional”, afirmou Murilo Zauith.

“Nossa gente é forte, já passou por outras crises, e tenho certeza que Dourados vai reencontrar seu verdadeiro caminho, onde as pessoas serão tratadas com respeito e dignidade”, conclui o vice-governador.

Murilo disse ainda que é importante que a população julgue as pessoas pelos seus atos e que cada um responda pelos erros que cometeu. “Fui questionado durante entrevista à TV Record, em Campo Grande, sobre a presença de vereadores do meu grupo político entre aqueles que foram presos pela Polícia Federal e disse com muita tranquilidade que eu responderei pelos meus atos e que eles terão que responder à população pelos atos que praticaram”, enfatizou Murilo Zauith.

Durante a Operação Uragano, desencadeada anteontem pela Polícia Federal, foram presas além do prefeito Ari Artuzi, da primeira-dama Maria Aparecida de Freitas Artuzi e o vice-prefeito Carlinhos Cantor, os secretários Alziro Moreno (Procurador Geral do Município), Tatiane Moreno (Administração), Ignês Boschetti Medeiros (Finanças), Cláudio Marcelo Hall, o Marcelão (Habitação e Serviços Urbanos) e Dilson Cândido de Sá (Obras e Planejamento).

A Justiça determinou ainda a prisão preventiva decretada os vereadores Aurélio Bonatto (PDT), Edvaldo Moreira (PDT), Humberto Teixeira Júnior (PDT), José Carlos Cimatti (PSB), Zezinho da Farmácia (PSDB), Julio Artuzi (PRB), Marcelo Barros (DEM), Paulo Henrique Bambu (DEM) e Sidlei Alves (DEM), enquanto os vereadores Gino Ferreira (DEM) e Dirceu Longhi (PT) foram levados à delegacia da Polícia Federal por escolta coercitiva, foram ouvidos e liberados.

AFASTAMENTO – O vice-governador Murilo Zauith disse ainda que o Democratas não compactua com qualquer desvio de conduta dos seus integrantes e anunciou que o Diretório Regional do DEM irá se reunir na próxima semana para discutir o futuro político dos vereadores que tiveram a prisão decretada durante a Operação Uragano. “Certamente, a direção do DEM vai defender a saída dessas pessoas do partido, mesmo porque as imagens divulgadas até o momento mostram total desrespeito com o povo, com o dinheiro público, com a ética e com a probidade”, finalizou Murilo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros