Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de junho de 2021
Busca
Brasil

Delcidio viabiliza R$ 9 milhões para UFGD e UFMS

18 Nov 2009 - 14h14

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) viabilizou recursos do Ministério da Educação para as duas universidades federais existentes em Mato Grosso do Sul. A UFMS vai receber R$ 5 milhões para  restaurar o antigo prédio da alfândega de Corumbá e a UFGD R$ 4 milhões, que serão investidos na implantação do Instituto de Biotecnologia, ao lado do Hospital Universitário de Dourados, destinado a realização de pesquisas e a capacitação dos profissionais de saúde da região.

 

 

“Foram duas reuniões de trabalho extremamente proveitosas. No mesmo dia, acompanhei os dois reitores em encontros distintos, onde discutimos com dirigentes do MEC a necessidade de se investir cada vez mais no ensino superior em Mato Grosso do Sul. E, confesso , até para minha surpresa, que a resposta foi imediata. Tanto o secretário executivo do MEC, José Henrique Paim quanto o Secretário de Educação Tecnológica, Eliezer Pacheco, aprovaram os projetos e determinaram a liberação dos recursos para que eles sejam desenvolvidos o mais rápido possível. Conseguimos duas grandes vitórias”, comemorou Delcídio.

 

 

UFMS

 

 

O senador e a reitora da UFMS, Célia Maria Oliveira, apresentaram ao secretário executivo do MEC o projeto de recuperação do prédio da antiga Alfândega de Corumbá, para a instalação de um curso de artes, salas de cinema e dança , além de um anfiteatro, onde serão desenvolvidas várias atividades culturais abertas à comunidade da fronteira com a Bolívia. Durante o encontro foi discutida também o pedido da Universidade Federal para repactuar as metas do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais(REUNI) e criar, nos próximos dois anos,  1.723 novas vagas nos cursos da instituição. De acordo com Delcídio, ambas as solicitações foram atendidas.

 

        

 

“O secretário Paim determinou ao corpo técnico do MEC as providências necessárias para liberar os R$ 5 milhões com os quais a UFMS vai restaurar o prédio da Alfândega, transformando o Porto Geral em uma das regiões mais bonitas de se visitar na minha querida Corumbá. No caso específico da repactuação do REUNI, a ampliação das vagas vai permitir, por exemplo, a criação de um curso de Enfermagem em Naviraí, há muito tempo reivindicado pelos educadores e estudantes do Cone Sul do estado”, explicou o senador.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América