Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Delcídio se encontra com Dilma em Brasília

12 Jun 2010 - 08h38Por Fátima News com Assessoria

O senador Delcídio do Amaral (PTMS) se encontrou nesta sexta-feira, 11, com a pré-candidata do Partido dos Trabalhadores a Presidência da República, Dilma Roussef, com quem tratou de assuntos relacionados às eleições deste ano e investimentos em Mato Grosso do Sul. A conversa aconteceu na sede do Diretório Nacional do PT, em Brasília, onde está sendo realizado o encontro que antecede a convenção do partido para a homologação da candidatura de Dilma, no domingo.

         “Foi uma conversa excelente”, considera Delcídio. “Discutimos o panorama político nacional e, especialmente, a situação de Mato Grosso do Sul, onde o quadro já está definido.  De um lado está o nosso palanque, que é o  dela,  encabeçado pelo ex-governador Zeca do PT como postulante ao governo, tendo eu e o deputado Dagoberto Nogueira (PDT) como pré-candidatos ao Senado. Do outro lado o governador André (PMDB)  apoiando o Serra (PSDB). A ex-ministra me garantiu que vai ao estado logo após a realização da nossa convenção, no final de junho”, adiantou.

         De acordo com Delcídio, Dilma Roussef fez questão de deixar claro que a coordenação da campanha dela em Mato Grosso do Sul será feita pelo PT. “Todas as lideranças que quiserem se juntar à nossa coligação serão benvindas, mas a coordenação é do PT. O  partido vive um momento muito bom no estado, com os nossos pré-candidatos bem posicionados nas pesquisas de opinião. A ida da ex-ministra vai reforçar ainda mais o nosso time, para que alcancemos juntos a vitória”, esclareceu.

         O senador disse que Dilma está muito contente com o resultado das últimas pesquisas, onde ela aparece empatada em primeiro lugar com o adversário, mas demonstra ter os pés no chão. “A pré-candidatura vai continuar crescendo nas próximas semanas, mas ela reconhece que ainda temos um longo caminho pela frente até 3 de outubro. Por isso, a recomendação é continuar trabalhando duro para mostrar aos eleitores que os 8 anos de governo do PT foram os melhores da história recente do país, tanto no aspecto econômico quanto no social, e que ela está muito bem preparada para governar o país. O lema da campanha é Continuidade com Avanço”, revelou.

         Dilma se comprometeu com Delcídio a ajudar o PT de Mato Grosso do Sul a consolidar as alianças partidárias, especialmente com o PTB e o PSB. O senador aproveitou o encontro com a ex-ministra para pedir que ela inclua em seu plano de governo projetos que permitam melhorar a infraestrutura urbana e rural do estado e priorize investimentos em pavimentação, drenagem,  implantação de rede de esgotos, construção de casas populares e a duplicação das rodovias federais que hoje vivem congestionadas pelo número enorme de caminhões, como é o caso da BR 163.

         Delcídio permanece em Brasília durante o final de semana, para participar, neste sábado, do encontro do PT na sede do partido e da Convenção Nacional que vai homologar e candidatura de Dilma, marcada para domingo, às 10h, no Centro de Convenções Unique Plaza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19
MEMORIAL
Os brasileiros que perderam a vida na Pandemia do Coronavírus