Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Delcídio condena reeleição, mas pede 5 anos para presidente

12 Mar 2007 - 16h30

O senador Delcídio Amaral (PT) defendeu, nesta manhã, em evento na Assembléia Legislativa, o fim da reeleição, a adoção do voto distrital e a permanência da cláusula de barreira. Ele também se disse favorável à adoção de cinco anos para presidente da República. Foi durante audiência que debateu a reforma política no País, promovida pelo deputado Amarildo Cruz (PT).

Delcídio disse que o Congresso Nacional aprovará a reforma política neste ano por questão de sobrevivência e para mudar a sua imagem perante a opinião pública. Ex-presidente da CPI dos Correios, o senador afirmou que o Congresso Nacional passou por episódios lamentáveis.

O senador do PT classificou a reeleição como a pior coisa que podiam ter feito ao País. Ele afirmou que os eleitos assumem o primerio mandato pensando em ganhar o segundo. E, quando são reeleitos, acabam realizando um governo pior do que o primeiro, no maioria dos casos. O parlamentar defendeu o mandato de cinco anos para presidente da República e o fim do atual sistema, que prevê pleitos a cada dois anos.

Delcídio lamentou o fim da cláusula de barreira pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Ele disse que a medida facilita a continuidade das siglas "absolutamente de aluguel".

O senador defendeu a adoção do voto distrital, de forma que a sociedade possa a cobrar os seus representantes. Falou que a modalidade de voto barateia o sistema político e se manifestou contrário ao voto em lista aberta, porque, na sua concepção, prevalece o poder dos caciques e da burocracia partidária. Citou ainda que, na maioria dos casos, os líderes políticos acabam entrando em conflito com os dirigentes do partido.

Delcídio disse ser "ardoroso defensor da reforma política" e avaliou que ela é importante para o Brasil". O senador elogiou a decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT), que prometeu colocar a proposta em votação nos meses de abril e maio.

Com assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus
TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões
BORA PRA BONITO - MS
O que é ecoturismo e porque Bonito, MS?