Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 3 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Definidos candidatos para eleição suplementar

5 Jan 2011 - 09h54Por Dourados News
Ontem mais três coligações oficializaram candidaturas para a eleição suplementar em Dourados. Com isso quatro candidatos vão concorrer ao pleito que vai escolher no dia 6 de fevereiro o novo prefeito da cidade. Na segunda-feira o PMN já tinha registrado a candidatura do professor Antonio Valeretto. Ontem o presidente municipal do Democratas, Waldir Guerra esteve no Cartório Eleitoral para registrar a candidatura do ex-vice-governador Murilo Zauith que tem o apoio de outros 14 partidos.

 O sindicalista Geraldo Sales foi pessoalmente registrar sua candidatura. Depois de quase ter feito parte do bloco que apóia Murilo o partido decidiu na última hora lançar candidatura própria. “Sabemos das dificuldades, mas precisamos apresentar para a sociedade uma alternativa viável e um projeto sério para tirar a cidade do caos que se encontra”, disse Sales.

O último a registrar a candidatura foi o micro-empresário e ex-arbitro de futebol José Araujo do PSOL. Ele disse que o partido é contra uma candidatura de coalizão e que o povo precisa de opções para fazer uma boa escolha. “Vejo de forma negativa para a sociedade. O povo não aceita, não é para o bem da cidade, foi um arranjo, o famoso “trem da alegria”, Visa simplesmente a um grupo político que quer empurrar ‘goela abaixo’ o que foi divulgado, que só há uma pessoa capaz de administrar a sociedade e não é por ai”, aponta Araújo, se referindo a Murilo Zauith.

Já sobre a candidatura própria, os candidatos afirmaram que ela surgiu pelo “entendimento do próprio partido que precisa ‘marcar território’ [nas eleições]”, disse José Araújo.

Os quatro candidatos que irão disputar a eleição suplementar poderão gastar até R$ 4.8 milhões. O maior gasto foi estimado pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN) que tem como candidato o professor Antonio Valeretto. Ele poderá gastar até R$ 2,5 milhões no pleito.

Em segundo lugar aparece o sindicalista Geraldo Sales do PSDC que estima o teto máximo de gasto em R$ 1,5 milhões. Murilo Zauith do DEM fez a declaração de que seu gasto total deva ficar em R$ 1 milhão. A coligação que tem uma previsão mais modesta é o PSOL do candidato José Araújo que vai declarar na tarde de hoje um gasto estimado em R$ 200 mil.

Ontem foi o último dia para que as coligações apresentem seus candidatos. Hoje o registro de candidatura só poderá ser feita de forma individual por candidato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19
PANDEMIA 100 FIM
Brasil tem 30.484 mortes por Covid-19 em fevereiro, 2º maior número em toda a pandemia
charge_gasolina 100 TRÉGUA
Facada: Petrobras anuncia novo aumento nos preços da gasolina e diesel
CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença