Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Defesa Agropecuária declara municípios de MS livres da sigatoka negra

29 Abr 2011 - 13h40Por Mídia Max

 

Quatro municípios de Mato Grosso do Sul foram reconhecidos oficialmente como Área Livre da Sigatoka Negra, doença que atinge principalmente as culturas de banana. O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Francisco Sérgio Ferreira Jardim, anunciou a decisão nesta sexta-feira (29).

Segundo a Defesa Agropecuária, com o reconhecimento como área livre da praga, os municípios de Água Clara, Brasilândia, Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo tiveram liberado o trânsito de plantas e partes de plantas de bananeira (Musa spp. e suas cultivares) e de helicônias para qualquer outra parte do Brasil.

A Instrução Normativa que declarou as àreas dos quatro municípios sul-mato-grossenses livres da Sigatoka Negra não define prazo de validade para a condição, desde que "sejam observadas as exigências dispostas na Instrução Normativa no 17, de 31 de maio de 2005".

A sigatoka negra é uma doença causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis Morelet e apareceu pela primeira vez em 1963, nas Ilhas Fiji, no Vale de Sigatoka. Nas Amércias, a doença foi detectada pela primeira vez em Honduras, em 1972.

Em fevereiro de 1998, foi oficialmente detectada no Brasil, entrando por municípios do Amazonas. Ela se espalhou pelos estados do Acre, Rondônia, Pará, e Mato Grosso, onde chegou em meados de 1999, chegando em seguida ao Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério