Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

“Dedé do Jogo do Bicho” é julgado por homicídio em F. do Sul

27 Jun 2007 - 15h49

O réu Jurandy Batista Pozza, vulgo “Dedé do Jogo do Bicho” acusado de matar Luiz Alves de Deus, foi condenado à seis anos de regime semi-aberto e três meses de detenção. O julgamento aconteceu na manhã nesta segunda-feira, pelo Drª Ana Carolina, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Fátima do Sul.

 

Triângulo amoroso

Jurandy disse que, fazia 5 anos que o interrogando tinha um caso com Lindinéia; uns 60 dias antes da morte da vítima ela caiu da bicicleta e quebrou a perna; levou-a para o Hospital da SIAS e foi avisar a mãe dela; quando retornou encontrou a vítima no Hospital; Lindinéia foi removida pra Campo Grande-MS e a vítima a acompanhou; também foi a vítima quem buscou Lindinéia quando ela teve alta; 2 dias depois que eles retornaram de Campo Grande, a vítima procurou o interrogando para perguntar se ele tinha um caso com Lindinéia; ele contou que fazia 5 anos que era amante dela e que a partir de agora estaria assumindo o relacionamento; ele mencionou que falou para Lindinéia que se encontrasse ela com outro mataria os dois; o interrogando telefonou para Lindinéia e pôs fim ao relacionamento porque descobriu que ela estava se relacionando com Luiz; a conversa que teve com a vítima foi amigável; ele não fez ameaças e nem foi ameaçado pelo interrogando; uma semana depois a vítima passou pelo interrogando na rua e disse que precisavam ter uma conversa, pois tinham um acerto para fazer; ele repetiu essas palavras durante 60 dias.

 

O Crime

Na data dos fatos, “Dedé do Jogo do Bicho” estava entregando cartela do MS na sorte no comércio local quando passou pela vítima e esta comentou"de hoje não passa, daqui a pouco to subindo"; o interrogando sentiu-se ameaçado e ficou com medo; buscou a arma em casa e quando estava voltando para concluir o trabalho, encontrou a vítima na Avenida Presidente Vargas; o interrogando estava de moto e a vítima de bicicleta; planejou passar direto pela vítima; mas esta foi parando a bicicleta e colocou a mão na cintura; o interrogando conseguiu ver um cabo de um revólver; calculou que se passasse por ele levaria um tiro nas costas; daí sacou o revólver e atirou uma vez contra a vítima; não viu aonde a vítima foi atingida; ela saiu andando em direção a um portão; nisso desferiu o segundo tiro; não viu a vítima cair e foi embora em direção a Dourados.

 

Luiz de Deus não resistiu aos ferimentos e veio a morrer no local. Também ficou ferido o aposentado Sebastião Luiz dos Santos, de 84 anos, morador no bairro, que estava nas imediações no momento do crime, que sofreu um tiro no abdômen e foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital da SIAS.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos