Menu
SADER_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Decisão do STJD beneficia Palmeiras e Inter

7 Dez 2004 - 09h27
A perda de 24 pontos do São Caetano, por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta madrugada, beneficiou Palmeiras e Inter no Campeonato Brasileiro. O time do ABC recebeu tal punição porque, de acordo com o STJD, sabia desde fevereiro que não poderia utilizar o zagueiro Serginho, que tinha problemas cardíacos.

Agora, o São Caetano, que ocupava a quarta colocação no Nacional, com 77 pontos, está em 14º, com 53. Essa queda permitiu que o Palmeiras (75 pontos) pulasse de quinto para quarto, o que o deixa muito perto da vaga para a fase pré-classificatória da Copa Libertadores - apenas o Juventude (70) pode atrapalhar os palmeirenses.

Já o Inter (61), que estava fora do bloco para a Copa Sul-Americana de 2005, é agora o nono colocado e passa a integrar o grupo dos classificados para a competição - os outros são o campeão e os times que terminarem em quinto, sexto, sétimo e oitavo lugares, além de outros dois pelo ranking da Conmebol.

Ponte Preta (61), Figueirense (60) e Coritiba (58) também ainda têm chances de classificação para a Sul-Americana.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho