Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Decepcionado, Lula faz apelo à multidão em favor de Zeca

25 Ago 2010 - 11h45Por
No maior comício realizado pela campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT), que reuniu 30 mil pessoas no centro de Campo Grande, o presidente Lula fez apelo para a multidão eleger Zeca do PT governador. Considerado histórico, o evento foi classificado como “mágico”, “inesquecível”, “iluminado” e “gratificante”.

Lula reforçou a importância da eleição de Zeca e Dilma para o Mato Grosso do Sul e o Brasil seguirem mudando e no caminho certo. “A continuidade do meu Governo não é quem está ai governando, mas é o Zeca do PT”, conclamou o presidente, que também pediu a eleição dos deputados estaduais e deputados federais dos partidos aliados e dos senadores Dagoberto Nogueira (PDT) e Delcídio do Amaral (PT).

Obras e Decepção

Num discurso emocionado, Lula criticou, sem citar o nome, o fato de se comemorar os recordes dos investimentos e das obras realizadas em Mato Grosso do Sul, mas não citar que só ocorrem devido a verbas federais.

Somente o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) prevê investimentos de R$ 12,9 bilhões em Mato Grosso do Sul entre 2007 e este ano. É o maior plano de investimento em saneamento básico, rodovias, infraestruutra, logística e habitação da história do Estado.

Lula classificou com uma das maiores decepções em 64 anos de vida pública ver um ex-aliado André Puccinelli declarar apoio ao adversário, José Serra (PSDB) e ainda pedir para ele ser o pai de Mato Grosso do Sul. “Fiquei chateado”, admitiu.

Mágica

Diante da multidão, Zeca do PT classificou a noite de terça-feira como “mágica”. Num discurso franco, emocionado e histórico, ele apresentou que o seu projeto é o de “respeito aos poderes, respeito às instituições, respeito aos empresários, respeito ao servidor público, respeito aos que lutam pela reforma agrária e respeito aos indígenas”.

O candidato a governador afirmou que o comício da virada é o “encontro histórico daqueles que têm o mesmo sonho e as mesmas utopias”. Ele destacou a luta de Dilma contra a ditadura, destacando que seria bom ter mais jovens que arriscassem a própria vida pela luta pela liberdade e pela democracia.

Dagoberto classificou a noite como “histórica e inesquecível”. “Estamos recebendo o maior estadista que este país já viu. Aqui ninguém quer o retrocesso, quer avançar”, afirmou o pedetista, que tem Gilda do PT como candidata a primeira suplente de senador.

“É uma noite iluminada por lua pantaneira maravilhosa”, afirmou a candidata a presidente Dilma. Ela disse que “a Força do Povo representa o projeto que Lula coloca em andamento no País, que antes era da desigualdade, do desemprego e da estagnação”.

Os eleitores fizeram a festa no maior comício já realizado na campanha presidencial de Dilma. “Voto na Dilma porque ela vai dar continuidade à gestão do Lula”, justificou a professora Nilza Mena Barreto. “Voto no Zeca porque ele governou super bem, olhou para os funcionários públicos e vê o povo”, contou.

“O Lula via continuar ajudando a Dilma a governar o Brasil”, afirmou outra professora, Deise Maria Garcia, que gostou do comício. “O Zeca tem as melhores propostas para o momento e estão dentro da realidade”, ressaltou Deise.

Já o gerente comercial Gilmar Gonçalves vai votar em Zeca governador porque quer menos impostos no Estado. “Ele fez um bom governo e priorizou o social”, contou o jovem, que também espera a eleição da primeira mulher presidente da República em 3 de outubro.

Para delírio da multidão, Lula contou que vivemos em novo tempo. Os Estados Unidos elegeram o primeiro negro presidente e a Bolívia, o primeiro índio. “Em 3 de outubro, vamos lavar a alma da nação e eleger a primeira mulher presidenta da história deste País”, concluiu o presidente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral