Menu
SADER_FULL
quarta, 5 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

De pênalti, Romário chega ao milésimo gol

21 Mai 2007 - 07h20

Um dos maiores craques da história do futebol brasileiro fez história neste domingo. No entanto, Romário não conseguiu marcar o milésimo gol no Maracanã, feito alcançado por Pelé, em 1969, no jogo do Santos contra o Vasco.

A exemplo do ex-jogador, no entanto, o centroavante alcançou a marca histórica, nas suas contas, em uma cobrança de pênalti. Aos 2min da etapa final, ele bateu no canto esquerdo do goleiro Magrão, do Sport, e ampliou a vantagem do Vasco para 3 a 0.

O centroavante esteve perto de marcar no primeiro tempo, mas seu arremate foi salvo pelo zagueiro Durval em cima da linha. Após o intervalo, no entanto, o toque de mão do próprio Durval ofereceu nova oportunidade em tiro da marca penal, que não foi desperdiçado.

A bola na rede levou Romário às lágrimas, e o jogo foi interrompido por 16 minutos, com direito a volta olímpica e abraço na mãe. Após o reinício, o Sport descontou e definiu o placar: 3 a 1. Substituído aos 40min, o camisa 11 foi aplaudido de pé.

Romário havia perdido chances para alcançar o gol mil nos jogos contra Flamengo, Gama e Botafogo (duas vezes). Diante do Sport, neste domingo, no Estádio de São Januário, a rede foi finalmente balançada.

O camisa 11 nunca escondeu que pretendia chegar ao gol mil no Maracanã. O tento 999 saiu no dia 25 de março na vitória vascaína por 3 a 0 sobre o Flamengo.

Depois disso, o jogador atuou em outras três oportunidades no Maracanã, sendo duas contra o Botafogo e uma contra o Gama, mas passou em todas em branco.

Com a queda do Vasco na Copa do Brasil e no Campeonato Carioca, Romário teve de esperar mais de um mês para voltar a atuar e teve de recuar quanto à possibilidade de marcar no Maracanã, após o clube se recusar a mudar o jogo contra o Sport de São Januário.

Com o milésimo gol na carreira, Romário encerra uma história de títulos e polêmicas nos clubes que passou: Vasco, Flamengo, Fluminense, PSV (Holanda), Barcelona (Espanha), Valencia (Espanha), Al Saad (Catar), Miami (EUA) e Adelaide (Austrália).

Além dos clubes, Romário também deixou sua marca na Seleção Brasileira. Defendendo a camisa amarela de 1988 a 2005, o atacante foi um dos ícones da conquista do tetracampeonato mundial em 1994, nos Estados Unidos.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões
BORA PRA BONITO - MS
O que é ecoturismo e porque Bonito, MS?
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente com 22 veículos deixa 8 mortos e 20 feridos
PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100