Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 30 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dagoberto deve ficar livre para o São Paulo na 2ª

4 Abr 2007 - 13h12

O atacante Dagoberto recebeu autorização para rescindir o contrato com o Atlético-PR por meio de depósito em juízo. Os representantes do jogador pegam nesta quarta-feira a carta-fiança emitida pelo banco, mas o tribunal entra em recesso por causa da Semana Santa e volta a trabalhar na segunda-feira, data em que o atleta fará o depósito e ficará livre para acertar com qualquer clube. O mais interessado é o São Paulo.

Na última segunda-feira, a juíza Rosemarie Diedrichs Pimpão, do Tribunal Regional do Trabalho de Curitiba, autorizou o jogador a depositar o valor da multa rescisória de R$ 5,4 milhões e caracterizar rescisão contratual.

Dessa forma, o dinheiro fica parado até que as ações judiciais movidas por clube e jogador recebam uma sentença. O atacante, seus procuradores e advogados tentaram fazer o depósito na terça, mas a carta-fiança só deve ficar pronta nesta quarta.

Os advogados vão entregar nesta quarta uma cópia da carta-fiança ao Atlético-PR e notificar o clube da rescisão. O último treino do jogador, impedido de atuar pelo clube paranaense depois de várias manobras da diretoria, foi na manhã de terça.

"Vamos protocolar no Plantão da Justiça do Trabalho e isso será anexado à decisão quando o Tribunal reabrir, na segunda. E ele estará livre", afirmou Fernando Barrionuevo, advogado de Dagoberto.

O Atlético-PR, mais uma vez, tentará impedir a saída do atacante, cassando a autorização do depósito, mas o tribunal estará em recesso. As várias "palhaçadas", como disse o atacante, são a justificativa para a rescisão em litígio. A última foi o corte do amistoso realizado em Dallas.

A diretoria do São Paulo aguarda a liberação definitiva para contratar o jogador, que já manifestou o desejo de atuar no Morumbi.

Os dirigentes do time tricolor lamentam a impossibilidade de um acordo com o Atlético-PR, que se recusa a negociar com os desafetos. A diretoria do São Paulo garante que ofereceu o valor da multa rescisória, mas os rivais recusaram.

Caso realmente seja contratado, Dagoberto só deve estrear na equipe em maio, no Campeonato Brasileiro e no mata-mata da Copa Libertadores, caso o São Paulo consiga a classificação no Grupo 2.

O técnico Muricy Ramalho espera ansioso, já que não tem um atacante de velocidade no grupo.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
ESCALADA DE ENTERROS
Brasil aproxima de 26 mil mortes por covid 19
ESTUPRO
Homem é preso em flagrante tentando estuprar mulher desacordada
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600
COVID-19
URGENTE! Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para a Covid-19
BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19