Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 17 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Da Matta é afastado, e Zonta assume vaga na Toyota

5 Ago 2004 - 09h12

Após criticar seu carro duramente e com freqüência, o brasileiro Cristiano da Matta fez com que os dirigentes da Toyota perdessem a paciência e acabou afastado, antes mesmo do final da temporada. Ele não correrá já no GP da Hungria, em 15 de agosto, e será substituído pelo compatriota Ricardo Zonta, até então piloto de testes da equipe.

Apesar de não participar mais das provas da atual temporada, Da Matta segue recebendo seu salário normalmente, pois o contrato termina apenas em dezembro.

Este é o segundo ano do piloto na Fórmula 1. Em 2003, o brasileiro era menos ácido em suas críticas. Ultimamente, vinha apontando defeitos no carro em todas as corridas, o que irritou bastante a cúpula da escuderia, que também tem o piloto francês Olivier Panis.

Agora, com a fama que adquiriu, Da Matta terá dificuldades para arrumar emprego na categoria em 2005. A Toyota terá o alemão Ralf Schumacher e, provavelmente, Olivier Panis, como pilotos na próxima temporada.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições