Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Custos para pré-testar itens do Enem podem chegar a R$ 6 milhões

14 Ago 2010 - 05h21Por Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) pagará R$ 6,1 milhões para pré-testar os itens que serão utilizados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010. O custo é cinco vezes maior do que o da edição de 2009.

A pré-testagem das questões serve para “calibrar” os itens que vão compor o Enem, classificando-os de acordo com o nível de dificuldade. A partir desse processo, o Inep constrói um banco de questões que se adeque à Teoria de Resposta ao Item (TRI). O modelo permite que se elabore exames com o mesmo nível de dificuldade em todas as edições, sendo possível, assim, comparar os resultados do Enem ano a ano.

Em 2009, a empresa contratada para fazer o pré-teste foi a Consultec, por R$ 939,5 mil. Este ano, o processo ficará com o consórcio formado pelo Cespe e a Cesgranrio ao custo de R$ 6,1 milhões. Segundo o Inep, o projeto de pré-testes de 2010 é “mais complexo”. Em 2009, ocorreu em uma única fase, mas este ano será feito em quatro etapas com a participação de 100 mil alunos em 40 municípios. No ano passado, o grupo estava limitado a 48 mil estudantes de 10 municípios.

O ministério informou ainda que o valor do contrato é estimado e o total de R$ 6 milhões é o máximo que se pode atingir. E que houve reforço na segurança do processo de pré-testagem, o que aumenta os custos da aplicação. “O Inep também exigiu, [este ano], que as empresas aplicadoras montem estruturas de segurança em cada município de aplicação, todas auditadas pelo Inep. Ou seja, haverá salas de segurança para guarda dos malotes, com vigilância 24 horas e mobilização durante todo o período de aplicação do pré-teste”, diz a nota.

De acordo com o Inep, “não há como comparar os dois contratos, sobretudo nos aspectos da quantidade de requisitos e serviços que foram introduzidos para a garantia da segurança e sigilo na aplicação dos pré-testes”.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
PREOCUPANTE
Covid-19: Brasil registra 295 óbitos e 34,4 mil casos em 24 horas
SOB INVESTIGAÇÃO
Brasileiro e estudante de medicina é encontrado morto em carro na fronteira
MILAGRE DA MEDICINA
Siameses brasileiros unidos pelo crânio são separados após 9 cirurgias