Menu
SADER_FULL
domingo, 1 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Custos da construção civil sobem menos em junho

7 Jul 2010 - 16h06Por Agência Brasil
O Índice Nacional da Construção Civil desacelerou para 0,66% em junho, depois de uma alta de 1,61% em maio, conforme divulgou hoje (07) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, na comparação com a taxa de junho do ano passado, de 0,35%, o índice atual mostrou elevação. O mesmo ocorreu no acumulado de janeiro a junho deste ano, cuja alta de 4,33% está bem acima da registrada no mesmo período de 2009, de 3,67%.

Segundo o IBGE, o resultado de junho não surpreendeu porque as maiores pressões sobre o índice, causadas pelos reajustes dos salários dos trabalhadores na construção civil, ocorreram em maio. Naquele mês, o item mão de obra teve alta de 3,22% e, em junho, recuou para 0,83%. “As datas dos dissídios da categoria variam de estado para estado, mas o maior peso é em maio, quando são reajustados os salários da Região Sudeste, especialmente de São Paulo, que tem o maior peso na composição geral do índice”, explicou o gerente da pesquisa do IBGE, Luiz Fernando de Oliveira Fonseca.

Já a parcela dos materiais de construção variou 0,53% em junho, ante a taxa de 0,41% de maio. Segundo Fonseca, embora a diferença de um mês para o outro tenha sido pequena, a taxa de junho foi a mais elevada desde março do ano passado (0,71%). Mas, para o técnico do IBGE, ainda é cedo para atrelar esta alta ao aquecimento do mercado em função do programa de construção de habitações populares promovido pelo governo federal. “É certo que a demanda por materiais está crescendo e isso deve pressionar os preços, mas ainda precisamos esperar um, dois ou três meses para avaliar o tamanho da influência do programa Minha Casa Minha Vida nos custos da construção”, avaliou Fonseca. “Daqui pra frente, a procura ficará mais intensa por causa dos empreendimentos que serão erguidos em vários estados para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro”.

O Índice Nacional da Construção Civil, que integra o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), é calculado pelo IBGE em convênio com a Caixa Econômica Federal desde 1969. A partir de 2002, os dados do Sinapi foram adotados como referência dos custos de execução de obras públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÃOPAINHA
Cachorro toca campainha após ficar trancado fora de casa
SONHO INTERROMPIDO
Ultimo ensaio fotográfico minutos antes de médico sofrer choque e morrer nas vésperas de casamento
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
FENÔMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros será visível na madrugada de quinta para sexta em todo Brasil
A CASA CAIU
Mulheres se unem e surram "valentão" flagrado agredindo ex no meio da rua
CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos