Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Custo da construção de MS ficou estável em setembro, segundo IBGE

14 Out 2010 - 07h14Por Diário MS
Conforme os dados divulgados ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em setembro, o preço da construção civil apresentou a menor alta do ano em Mato Grosso do Sul, se mantendo quase estável em relação aos números de agosto. Atualmente, o desembolso necessário para construção de cada metro quadrado aumentou 7,63% de janeiro a julho deste ano no Estado.
Os números do INCC (Índice Nacional da Construção Civil) mostram que em setembro o custo da construção civil cresceu 0,04% em MS. Foi a menor variação entre todos os Estados do País. Nos últimos 12 meses, a alta no custo da construção já chega a 8,79% em MS. Para edificar um metro quadrado em Mato Grosso do Sul é preciso desembolsar R$ 732,25, considerando apenas material e mão-de-obra. O custo da construção no Estado é maior que a média do Centro-Oeste (R$ 741,41). Nos outros três Estados da região, o preço do metro quadrado chega a R$ 718,85 em Goiás, R$ 754,46 Mato Grosso e R$ 779,78 no Distrito Federal.

Conforme o Sinduscon/MS (Sindicato da Indústria da Construção do Estado), a variação de preços no mercado da construção tem sido pressionada principalmente pelo reajuste salarial dos trabalhadores do setor. Os materiais também foram responsáveis pela alta. Materiais básicos estão mais caros e chega a haver cota e fila de espera em alguns estabelecimentos, segundo o sindicato. De janeiro para setembro o custo de cada metro quadrado edificado aumentou em R$ 52,41, ou seja, quem constrói hoje um imóvel de 100 metros quadrados precisa desembolsar R$ 5.241 a mais do que em janeiro.

Mesmo com a alta nos preços, para 2010, o Sinduscon/MS prevê expansão de 8,5% no setor da construção civil no Estado. A expectativa é de que o setor gere aproximadamente 4 mil empregos até o final do ano. Atualmente, o Estado com maior custo na construção civil é o Rio de Janeiro, onde o metro quadrado custou R$ 839,45, seguido de Roraima (R$ 839,22) e São Paulo (R$ 834,55) e Acre R$ 813,43. O menor custo da construção é registrado no Rio Grande do Norte, onde o custo do metro quadrado é de R$ 653,25, seguido Espírito Santo (R$ 677,62) e Sergipe (R$ 682,67).

PAÍS
No país, o custo da construção civil registrou em setembro uma variação de 0,35%, em relação a agosto, o que eleva o acumulado do ano para 5,80%, acima dos 4,58% registrados em igual período de 2009. O INCC aponta também uma variação de 7,08% nos últimos 12 meses, maior que os 6,92% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Com esse resultado, o custo nacional da construção, por metro quadrado, passou de R$ 755,21 em agosto para R$ 757,86 em setembro, sendo R$ 428,07 relativos aos materiais e R$ 329,79 à mão de obra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada