Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Custo da construção civil desacelera em agosto, aponta FGV

26 Ago 2010 - 14h00Por MS Notícias

O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV) registrou variação de 0,22%, o que representa uma redução na velocidade de correções de preços em comparação a julho, quando a taxa havia subido em 0,62%. De janeiro a agosto, o índice ficou em 6,18% e, nos últimos 12 meses, 6,80%.

O índice de materiais, equipamentos e serviços subiu 0,38%, mas essa variação é 0,10 ponto percentual inferior à medição passada. No acumulado do ano, o custo aumentou 4,51% e, nos últimos 12 meses, 5,18%.

A contratação de pedreiros e outros profissionais do setor ainda é o que mais pesa no orçamento da obra no acumulado do ano. Porém, em comparação a julho, o custo da mão de obra teve um decréscimo expressivo, passando de 0,77% para 0,06%. Desde janeiro, a taxa acumula alta de 8,02% e, nos últimos12 meses, 8,57%.

De acordo com a análise técnica da FGV, os impactos que vinham sendo causados pelos reajustes salariais concedidos em Porto Alegre já não pressionam tanto como antes. Na capital gaúcha, a taxa passou de 4,24% para 0,23%

Na média, o custo da construção civil subiu apenas em duas capitais: Belo Horizonte (de 0,08% para 0,44%) e Rio de Janeiro (de 0,25% para 0,40%). A única capital com oscilação negativa foi Recife (-0,04%), que registrava alta de 0,39% no mês anterior. Nas demais, as variações ocorreram em índices abaixo da apuração anterior: Porto Alegre (de 2,26% para 0,20%), São Paulo (de 0,29% para 0,20%), Brasília (de 1,64% para 0,16%) e Salvador (de 0,18% para 0,13%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada