Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Custo da cesta básica sobe em 15 capitais e cai em Fortaleza

1 Set 2004 - 14h06

Em agosto, Fortaleza foi a única capital brasileira que registrou queda no custo do conjunto de gêneros essenciais cujos preços são acompanhados pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese).

A queda verificada em Fortaleza foi de 3,11% a R$ 139,70. O Dieese realiza a pesquisa em 16 capitais.

As elevações ocorreram em Aracaju (8,52%, a R$ 150,15); Natal (8,27%, a R$ 152,07); Florianópolis (8,07% a R$ 175,64); Vitória (7,59% a R$ 165,05); João Pessoa ( 6,63% a R$ 150,07); Rio de Janeiro (6,10% a R$ 178,81); São Paulo (4,78% a R$ 182,26); Porto Alegre (4,49% a R$ 189,99); Curitiba (3,92% a R$ 171,95); Belo Horizonte (3,90% a R$ 176,21); Recife (3,85% a R$ 147,03); Salvador (3,30% a R$ 140,48); Belém (3,05% a R$ 158,21); Brasília (2,61% a R$ 169,32); Goiânia (2,35% a R$ 150,58).

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo