Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Curtas sobre Diferenças serão exibidos neste sábado na UFGD

19 Nov 2009 - 15h37Por Diário MS
Neste sábado (21), às 17h, o Cineclube exibe o programa “Diferenças”, no cine-auditório da Unidade 1, Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso. Este programa mostra que uma das capacidades mais importantes do cinema é a de conseguir nos aproximar da vida de pessoas cuja realidade desconheceríamos de outra maneira. Seja pelo acesso a filmes de países distantes ou pelas narrativas em outros tempos históricos, o cinema sempre funciona como uma janela aberta ao outro.

Mesmo que os filmes presentes nessa coletânea nos apresentem histórias bem próximas geograficamente e que se passem em tempos contemporâneos, ainda assim o que veremos será a possibilidade do contato com realidades bem distintas.

Assim, conheceremos o mundo através da perspectiva de deficientes visuais (Reminiscência) e auditivos (O resto é silêncio), de anões (Criaturas que nasciam em segredo), daqueles que a sociedade considera como loucos (Príncipe do fogo) ou tão-somente daqueles que partilham hábitos ou crenças bastante particulares (Labirinto e Patuá). Ao final, vemos que estes “outros”, mesmo que a princípio distantes, são de fato bastante parecidos com todos e cada um de nós.

QUINTA-FEIRA

Às 12h desta quinta-feira (19), o Cineclube UFGD exibe gratuitamente o programa Olhares Femininos, no auditório de Biotecnologia da Unidade 2 da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), localizada na Cidade Universitária.

A diversidade da condição feminina em cinco diferentes olhares de mulheres cineastas é o que compõe este programa. Exibido no Festival de Cannes, o engenhoso “Três Minutos”, de Ana Luiza Azevedo, trata de decisões que podem mudar nossa vida. A sexualidade é protagonista também de “Messalina”, de Cristiane Oliveira – com a particularidade de a protagonista ser deficiente visual. Na animação “Desventuras de Um Dia, ou A Vida Não é Um Comercial de Margarina”, de Adriana Meirelles, um estressante dia de trabalho ganha redenção através do amor. Uma jovem mãe tem as agruras de um duro cotidiano compensadas através do contato com sua filha em “Dalva”, de Caroline Leone. Encerrando o programa, “Estória Alegre”, de Cláudia Pucci, é baseado em texto de Anton Tchecov e retrata uma situação de risco com desfecho extremamente prazeroso.

Leia Também

TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19
FAMILIA GRANDE
Mãe dá à luz quíntuplos em maternidade de São Paulo
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Por meio Dele Deus fez o Universo