Menu
SADER_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Curso de acessibilidade tem início nesta quinta-feira no Crea-MS

12 Nov 2009 - 05h17
De 12 a 14 de novembro, a arquiteta Thaís Frota ministra no Crea-MS, em Campo Grande, o curso Arquitetura acessível: como fazer vistorias e elaborar laudos de acessibilidade. Do conteúdo programático fazem parte conceitos básicos de acessibilidade, procedimento e métodos de vistoria, elaboração de relatórios técnicos, entre outros.

Durante o curso, que é direcionado a profissionais e estudantes de arquitetura e engenharia e também a gestores públicos e demais pessoas ligadas ao assunto, acontecerão visitas técnicas em parques, praças públicas, universidades e no centro de Campo Grande.

Thaís Frota nasceu em Santos, em 28 de agosto de 1981. É especializada em acessibilidade e se dedica à questão desde 2005, quando apresentou o trabalho de conclusão de curso “Parque Sensorial”, indicado ao prêmio Ópera-prima pela FAU/Unisantos. Desde então já realizou cerca de mil vistorias técnicas e laudos, sempre ligados ao assunto. “Todos os dias da minha vida profissional foram dedicados à questão da acessibilidade”.

Sua grande meta é popularizar o assunto – que contribuirá para uma maior conscientização das pessoas em relação à questão da acessibilidade. Sobre a falta de acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida aos mais diversos locais, a arquiteta acredita que “este cenário já está começando a mudar. Tudo começa pelas políticas públicas e incentivos. E quanto mais as pessoas denunciarem a falta de acessibilidade, mais as leis serão cumpridas. Quanto mais as pessoas, mesmo as pessoas que não têm nenhuma deficiência, como eu por exemplo, denunciarem, mais a sociedade se conscientizará e mais políticas públicas atuarão a respeito”.

Guia de acessibilidade - A iniciativa é parte do projeto para e elaboração do Guia de Acessibilidade de Campo Grande, idealizado pela Associação de Doenças Neuromusculares de Mato Grosso do Sul (Adone-MS) e do Centro de Referência em Distúrbios do Movimento (Unepe), que disponibilizará gratuitamente informações acerca das condições de infra-estrutura e acesso a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida a locais públicos da capital - estabelecimentos comerciais, de ensino, lazer e de serviços. O material será distribuído a associações de bairros, entidades ligadas à acessibilidade, agências de turismo, aeroportos, rodoviárias, hotéis, bares e restaurante, entre outros.

Mais informações podem ser obtidas por meio do site www.creams.org.br ou pelos telefone 67 3368-1021 ou 3026-6311.

Blog: http://thaisfrota.wordpress.com/

Twiiter: www.twitter.com/acessibilidade

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada