Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

CRO/MS detém dentistas sem registros e fecha clínicas em Ponta Porã

17 Jan 2011 - 07h28Por Dourados Agora

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul notificou três pessoas que atuavam de forma ilegal, na região de fronteira. O trio, que foi autuado por exercício ilegal da profissão, prestavam serviço no Centro Odontológico do Povo, sem registro no Conselho. O CRO/MS informou que MAS, de 23 anos, JC, de 24 anos e FBS, de 21 anos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Os dois primeiros, formados em odontologia em uma universidade de Uberlândia, atendiam na clínica há três meses. Já Fernanda, recém formada em Dourados, trabalhava no local há um dia. Após prestarem depoimento, os profissionais irregulares foram liberados. Eles se comprometeram a comparecer numa audiência marcada para o mês de maio.

Os três terão dez dias para regularizarem a situação. Caso o contrário o CRO-MS entrará com uma representação no Ministério Público. Eles também deverão ser ouvidos pela Comissão de Ética do Conselho.

O presidente do CRO-MS, Silvano da Silva Silvestre, alerta a população para que verifique se o profissional tem registro junto ao Conselho. “O paciente quando não é atendido, por um profissional registrado, quando acontece algo de errado, não tem a quem recorrer”, explica.

A clínica onde atuavam foi interditada por falta de alvará e por não apresentar condições de higiene necessária. Outra clínica da rede, o consultório Volte a Sorrir, também foi fechado por estar com o alvará sanitário vencido.

DENÚNCIA

O CRO-MS realizou fiscalização no município após receber denúncia de uma paciente que foi tratada na clínica.

A mulher teria sido vítima de Manssur Ayres Simões. Em um tratamento odontológico, o profissional irregular aplicou uma anestesia na paciente que teve um princípio de parada cardíaca e foi encaminhada ao pronto socorro de um hospital da cidade.

A fiscalização foi realizada pelo CRO-MS, em parceria com a Vigilância Sanitária e a Polícia Militar de Ponta Porã. O CRO/MS informa a população que denúncias podem ser efetuadas através do telefone do Conselho 3321-0149 ou pelo email: fiscal@croms.org.br. ou através do site do órgão o www.croms.org.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro