Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 23 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Corregedoria reinicia atividades de projeto-piloto em MS

11 Fev 2011 - 15h19

Dois juízes auxiliares da presidência do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), Daniel Issler e Tatiana Cardoso de Freitas, estiveram em Campo Grande ontem (10) para acertar com a Corregedoria-Geral de Justiça a retomada das atividades de um projeto-piloto que está sendo desenvolvido em MS desde 2010: Cidadania, Direito de Todos.

Os juízes foram recebidos pelo Des. Atapoã da Costa Feliz, Corregedor-Geral de Justiça; e pelos juízes auxiliares Djailson de Souza e Elizabeth Baisch, ambos da Corregedoria, e Ruy Celso Barbosa Florence, da presidência do TJMS, além da coordenadora do Comitê Gestor Estadual para Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento e defensora Pública do Estado, Neyla Ferreira Mendes.

O projeto Cidadania, Direito de Todos visa levar a cidadania às comunidades indígenas com a disponibilização de certidões de nascimento, carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, título eleitoral e inscrição no INSS. Neste encontro ficou acertado que em Dourados, provavelmente ainda no primeiro semestre, será realizada uma ação semelhante à desenvolvida em Campo Grande, em outubro de 2010.

Importante ressaltar que em agosto de 2009, a Corregedoria-Geral de Justiça adotou uma medida pioneira no país, com a edição do Provimento nº 18, que permite que o registro civil indígena seja solicitado diretamente nas serventias extrajudiciais, sem a necessidade de acompanhante da Funai e de registro administrativo.

O registrador é responsável por comunicar a Funai o ato de registro, que contém nome indígena, a etnia e a aldeia de origem dos pais do registrando. Antes do provimento, o indígena primeiro fazia o registro administrativo na Funai e precisava de um membro de lá para utilizar os serviços do cartório extrajudicial para registro civil.

Diante desta inovação, o CNJ vislumbrou a possibilidade de desenvolver tal ação em território sul-mato-grossense. Para Dourados, a equipe já está trabalhando em um cronograma, estabelecendo parcerias e preparando a parte operacional e logística.

Números – Na primeira etapa do projeto, realizada nos dias 23 e 24 de outubro de 2010, ao todo foram cadastrados 1.070 índios. Nos dois dias da ação, seis salas de atendimento foram disponibilizadas para cada documento ou modalidade de serviço. A Funai (Fundação Nacional do Índio) atendeu 220 pessoas em busca do Rani (Registro Administrativo de Nascimento de Índio). Outros 258 indígenas buscaram os serviços dos cartórios de registro civil para obtenção da Certidão de Nascimento.

Nos dois dias foram também emitidos 217 CPFs e 216 RGs, além de 78 Carteiras de Trabalho e outros 73 atendimentos realizados pela Defensoria Pública. Nos documentos constam a aldeia e etnia de cada um, ou seja, a ação buscou garantir a manutenção da identidade cultural e social do povo indígena.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

Foto: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - AÇÕES DO GOVERNO MUNICIPAL
Prefeita Ilda Machado dá início as obras de revitalização do Horto Florestal em Fátima do Sul
FOTOS: PREFEITURA MUNICIPAL DE FÁTIMA DO SULFÁTIMA DO SUL - REVITALIZAÇÃO HORTO FLORESTAL
Confira as FOTOS de como vai ficar o Horto Florestal após a revitalização em Fátima do Sul
TRAGÉDIA NO TRÂNSITO
Motociclista morre em acidente com carreta na BR-163 em MS
TRAGÉDIA
'Não tive como evitar', diz caminhoneiro após motociclista invadir pista contrária e morrer
Túmulo que foi violado em Ponta Porã (MS)  Foto: TV MorenaCASO DE POLÍCIA
Cabeça de menina que teve o corpo furtado de cemitério é encontrada pela polícia