Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Corinthians já trabalha com MSI, diz iraniano

31 Ago 2004 - 07h17

O presidente do Grupo Media Sports Investment (MSI), Kia Joorabchian, deixou claro em entrevista coletiva nesta segunda-feira que o Corinthians trabalha como se já tivesse o aval do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação (CORI) para concretizar a parceria.

Joorabchian disse que a parceria com o Corinthians foi aprovada pelo Conselho Deliberativo, o que não é verdade. Na última terça-feira, houve uma votação do pré-contrato com 341 votos a favor, sete contra e duas abstenções.

Segundo Joorabchian, o grupo especial foi formado apenas para fiscalizar a redação do contrato. "O contrato foi aprovado e um grupo de conselheiros foi formado para monitorar o contrato final. Existe uma série de itens a serem esclarecidos."

Joorabchian aproveitou para anunciar que pretende contratar dois jogadores de peso ainda para o Brasileirão. Tudo vai depender da oficialização da parceria. Enquanto o clube não assinar, nenhum centavo será gasto. "Queremos dois importantes jogadores já para o Campeonato Brasileiro. Temos nos concentrado nisso, mas não podemos concretizar nada antes de oficializada a parceria. As transferência dependem deste contrato. Nossa meta é pagar as contas do clube e investir na formação de um time. Já conversei com o Tite e com o Angioni sobre reforços. Estamos tentando, mas não posso falar em nomes", declarou.

O iraniano procurou ainda descaracterizar a comissão especial formada para investigar a origem dos investimentos e a ligação da MSI com o magnata russo Boris Beresovisky, acusado, entre outras coisas, de lavagem de dinheiro em seu país.

"Ninguém traria dinheiro de fora para limpar aqui. Nossos recursos virão de bancos de primeira linha da Europa. Não há razões para questionar. O Boris é meu amigo. O conheço há uns sete, oito anos. Já fizemos negócios juntos, mas hoje não há nada. Mas sempre conversamos. O convidei para participar dessa negociação, mas ele não teve interesse. Quando estávamos na Europa, o Dualib lhe foi apresentado por isso."

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore