Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Corinthians bate Paraná e cumpre parte da meta de Tite

25 Out 2004 - 07h50
O Corinthians bateu o desesperado Paraná por 2 a 1, neste domingo, no estádio Pinheirão, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro, e cumpriu parte da meta do técnico Tite de sair da região Sul com duas vitórias e condições para manter a busca por uma vaga na Libertadores.

O volante Fabinho marcou os dois gols do time, que jogou todo o segundo tempo com um jogador a menos, após expulsão de Edson na etapa inicial.

De quebra, o time paulista terminou com um incômodo tabu: havia 12 rodadas que o Corinthians não conseguia marcar mais de um gol em um jogo --a última vez havia sido contra a Ponte Preta no dia 14 de agosto, no Pacaembu, quando venceu por 2 a 0.

O Corinthians chegou aos 57 pontos e continua em oitavo lugar, mas apesar da vitória, o time também manteve os oito pontos que o distanciam do quarto colocado, São Caetano. O Paraná permaneceu na 22ª colocação, com 38 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

E foi justamente apostando no desespero dos donos da casa, na pressão da torcida local e nas jogadas de bola área e parada que Tite armou o Corinthians para sair com os três pontos de Curitiba.

Segundo o técnico, o gramado do Pinheirão é muito irregular, o que dificulta as jogadas por baixo. As novidades do time foram Fábio Baiano, Wendel e Jô.

O primeiro gol saiu numa jogada pela esquerda, em que o atacante Jô cruzou para o volante Fabinho mergulhar de cabeça para marcar, aos 16min da etapa inicial.

O gol desestabilizou o Paraná, que viu Fabinho ampliar aos 33min, agora em jogada com a bola rolando, após receber cruzamento novamente da esquerda do lateral Renato e tocar dentro da pequena área.

O Corinthians ainda perdeu o volante Edson, que levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo ao dar entrada violenta no atacante Cristian, aos 35min.

No segundo tempo, o Paraná aproveitou a vantagem de um homem a mais dentro de campo para marcar seu gol. Após escanteio da esquerda, Galvão completou de cabeça, aos 11min. Mas foi só.

Enquanto o Corinthians se prepara para seu segundo jogo no Sul, contra o Criciúma, na quarta-feira, o Paraná tentará buscar a reabilitação na no mesmo dia, contra o Figueirense, novamente em Curitiba.

PARANÁ
Flávio; João Paulo, Fernando Lombardi (Marcelo Passos), Émerson e Edinho; Axel, Messias, Goiano (Vandinho) e Fernando (Gerson Baresi); Cristian e Galvão
Técnico: Paulo Campos

CORINTHIANS
Fábio Costa; Anderson, Valdson e Betão; Edson, Wendel, Fabinho, Fábio Baiano (Coelho) e Renato (Coelho); Jô e Gil
Técnico: Tite

Gol: Fabinho, aos 16min e 33min do primeiro tempo; Galvão, aos 11min do segundo tempo
Cartões amarelos:Axel, Vandinho, Messias e Galvão; Fábio Baiano e Gil
Cartão vermelho: Edson
Juiz: Elvecio Zequetto (MS)
Estádio: Pinheirão, em Curitiba (PR)

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV