Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Coreanos planejam investimento de R$ 710 milhões em MS

12 Jan 2007 - 09h29
Os integrantes do grupo empresarial sul-coreano Kaizen confirmaram esta manhã, durante visita a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo (Seprotur), a instalação de uma agroindústria de beneficiamento de soja em São Gabriel do Oeste, que contará com investimento de R$ 64,5 milhões garantindo a geração de 370 empregos no município. O grupo afirmou ainda que a partir desse empreendimento outros 10 módulos (indústrias) devem ser instalados na região, possibilitando investimentos de R$ 710 milhões com geração de mais de quatro mil postos de trabalho.

 

O mesmo grupo esteve reunido no início da semana com o governador André Puccinelli, que garantiu todo o apoio necessário para a viabilização do empreendimento, que prevê, já para a próxima semana, o início das obras básicas, como terraplanagem, instalação de rede de luz, água e esgoto. A conclusão da obra deve acontecer em 24 meses.

 

A indústria terá capacidade instalada de processamento de 2 milhões de toneladas de grão/ano, sendo que 90% desse montante será destinado, inicialmente, para a Coréia do Sul e assim distribuído para todo continente asiático. O restante permanece para consumo interno.

 

O prefeito de São Gabriel do Oeste, Adão Rolin, informou que a escolha pelo município foi uma opção estratégica em virtude da localização geográfica. Segundo Rolin, para os coreanos, que passaram por outros quatro estados antes de decidirem por Mato Grosso do Sul, o município é o centro da produção de soja. “Não foi por um acaso que eles optaram pela região. Eles possuem um mapeamento agropecuário e fluvial do Brasil. Sabem quais as áreas aptas e viáveis para firmarem investimentos”, aponta.

 

O gerente geral da Kaizen no Brasil, André Ishikiriyama, explicou que a pretensão do grupo é de instalar um módulo a cada três anos e a partir daí reverter o processo de industrialização – que até então será feito naquele continente – que passará a ser centralizado no próprio município. “Inicialmente o objetivo era de importar a soja e efetuar todo o processo industrial lá. Porém os altos custos com transporte, que acarretariam um custo oito vezes maior que o previsto, acabou inviabilizando o negócio. Foi então que decidimos inverter o processo”, justificou o gerente geral.        

 

Detalhista, Ishikiriyama explicou que, em virtude do elevado consumo percápita da soja na Coréia (em torno de 80%), os módulos a serem instalados em São Gabriel do Oeste se concentrarão no processo de produção alimentícia, além de outras áreas que já se encontram com processo industrial avançado, como farmacêutico, de cosméticos e têxteis. 

 

Rota Bioceânica

 

Empreendedores tradicionais na área de construção civil, de transportes e agronegócios, os sul-coreanos já pensam em novos investimentos. O mais ousado é o projeto da Rota Bioceânica, cuja proposta seria de abrir um novo corredor comercial para o Brasil via Oceano Pacífico. “Num contexto geral estamos prevendo que a viabilização desse empreendimento será de R$ 150,5 bilhões”, revela André Ishikiriyama apontando que o ganho estaria na redução da distancia para exportação. Precavido, o grupo de empresários pretende realizar inicialmente um estudo de viabilidade técnica e econômica, a partir de dados preliminares do governo estadual, o que custaria cerca de R$ 53,7 milhões.

 

O superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur, João Carlos Krug, que coordenou a reunião, apontou que os coreanos demonstraram interesse em futuros investimentos na área de agroenergia (biodiesel e usinas sucroalcooleiras), e construção de portos para escoamento.

 

Participaram da reunião o secretário-adjunto da Seprotur, Wilson Gonçalves; o superintendente de Indústria e Comércio, Jonathas Camargo; o diretor presidente do grupo Kazen, Myung Sôo Kim; a diretora, Soon Já Wang; o investidor, Gong Il Jeong; a auditora, Sung Hee Cho; os conselheiros, Kil Rin Chang e Carlos Ishikiriyama; o diretor de agronegócios, Célio Molinari e o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Gabriel do Oeste, Carlos Alberto Shimata.

 

 

 

 

Notícias.MS

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro