Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Copa do Mundo impulsiona setor de material escolar

13 Mar 2010 - 11h21Por Fátima News com Assessoria

Para o comércio especializado em material escolar e artigos de papelaria, as vendas realizadas até o mês de março, durante o período chamado volta às aulas, as vendas totais correspondem a 65% do total comercializado pelo setor. Esse ano, quem apostou na Copa do Mundo de Futebol para alavancar as vendas de material escolar se deu bem. Com a proximidade do evento esportivo, em junho, na África do Sul, as redes viram as vendas de itens subirem 10% em relação às de 2009, número acima do esperado pelo comércio, que previa crescer 5% com a data este ano, segundo dados da Superintêndencia de seguro privado – Susep. O setor espera chegar a um novo recorde de vendas de material escolar.

 

Segundo o consultor empresarial e representante federal do Conselho de Administração de Mato Grosso do Sul (CRA/MS), Inácio Leite Reis esse tipo de campanha direcionada para produtos personalizados gera um impacto bastante positivo no mercado. “No caso do setor de material escolar o crescimento tende a ser de 30 a 40%. Isso gera bastante impacto na promoção das vendas, principalmente porque os adolescentes e jovens, que são o público desse segmento, são bem voltados para esse tipo de demanda”, afirma.

 

Varejistas com lojas de pequeno e médio porte, muitas vezes têm dificuldade em garantir estoques para o período e manter um bom capital de giro ao mesmo tempo, enfraquecendo seu negócio. O gerente de uma das unidades de atendimento do SICREDI, Ronaldo Sorana Gomes, afirma que o maior benefício de se ter um valor significativo de capital de giro é garantir ao empresário um maior poder de compra, que possibilita a aquisição de mais produtos por um melhor preço. “Nesse período do ano, muitas empresas nos procuram para obter um financiamento. Quando se tem poder de compra, automaticamente se tem poder de negociação, a um juro baixo. Quando temos dinheiro, pagamos à vista nossos produtos, e isso nos dá certos benefícios, da mesma maneira, as empresas têm vantagens com os seus fornecedores” afirma Gomes.

 

Um dos empresários que apostou no período para aumentar as vendas foi Sidney Mendes, proprietário da Livraria Papel Express, de Campo Grande. “No final do ano passado tinha pouco estoque de mercadoria e decidi apostar em crescimento esse ano. Para mim, foi uma aposta bem feita, realmente superou minhas expectativas”.

 

Para Lupoli, “é claro que em caso de eventos como a Copa a demanda é maior, mas é importante investir em temas de artistas e filmes também”, ressalta. Ele também acredita que as vendas de itens de volta às aulas este ano devem se confirmar mais aquecidas, fruto da disposição maior do consumidor para gastar. “O setor deve apresentar bons resultados até o meio de março”, diz.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada