Menu
SADER_FULL
terça, 13 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Convidados discutem criação do Conselho de Jornalismo

13 Ago 2004 - 08h10
A polêmica gerada pelo projeto (PL 3985/04), que cria o Conselho Federal de Jornalismo será o tema do Câmara Agora Especial, que vai ao ar, ao vivo, nesta manhã. Participam das discussões os deputados José Thomaz Nonô (PFL-AL) e Wasny de Roure (PT-DF); e os presidentes da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo de Andrade; e da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Maurício Azêdo.
Os convidados vão discutir ainda a liberdade de imprensa, a regulamentação da profissão de jornalista e a qualidade da imprensa brasileira.
O debate começa às 10 horas e também poderá ser acompanhado pela Rádio Câmara.

Sem censura
A proposta, de autoria do Executivo, foi enviada ao Congresso no último dia 6. No entanto, a votação do texto deve ficar para o próximo ano. O presidente da Câmara, João Paulo Cunha, lembrou que o tema exige profundo debate e que este é um ano eleitoral. João Paulo acalmou a sociedade ao garantir que a Casa não aprovará nenhum dispositivo que represente qualquer tipo de censura à liberdade de imprensa.

Sem diálogo
O presidente da Câmara lamentou o fato de o Governo ter enviado a matéria sem discutir com o Parlamento. Ele lembrou que já há um projeto sobre o assunto (PL-6817/02), de autoria do deputado Celso Russomano (PP-SP), em tramitação no Congresso. "O erro do Governo foi não ter dialogado. Se tivesse dialogado, o Parlamento diria o seguinte: 'não precisa mandar, pede para a Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) vir discutir aqui".

Repúdio oficial
O PFL condenou oficialmente a criação do Conselho por julgar que se trata de uma intenção de controlar, corromper e limitar as atividades jornalísticas. O líder do Partido na Câmara, José Carlos Aleluia (BA), classificou a proposta como "um ato de censura".

Participação do público
A TV Câmara pode ser sintonizada no canal 27, em UHF, no Distrito Federal; e nos canais 14, da Net; 28, da Sky Net; 16, da Tecsat; 235, da Direct TV; e por antena parabólica, em todo o País. Já a Rádio Câmara pode ser sintonizada no Distrito Federal, na freqüência modulada de 96,9 mhz.
Os telespectadores e ouvintes podem participar do programa fazendo perguntas pelos telefones 0800-619619 ou, a cobrar, pelo 90xx61-216.1607 ou, ainda, enviando e-mail para camaraagora@camara.gov.br.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo