Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Contador é assassinado em Taquarussu

13 Jul 2006 - 14h39
A Policia Militar de Taquarussu encontrou ontem, por volta de 9h30, nos fundos de uma residência, o corpo do contabilista Nilo Carijó da Silva, conhecido como Nilo Gato, dono de um escritório de contabilidade em Bataiporã. Ele foi morto com várias pauladas e teve o corpo queimado, antes de ser enterrado pelo dono da casa, o diarista José Fernandes dos Santos.
Hoje, na Delegacia de Polícia Civil de Taquarussu, o delegado Rinaldo Gomes Moreira, ainda ouve José Fernandes. Há uma versão de que Nilo teria saído de sua cidade para cobrar uma dívida, supostamente um cheque sem fundo, no valor de R$ 1,2 mil.
QUEIMADOS
Ao chegar de Bataiporã, na quarta-feira, entre 14 e 15h, teria ido procurar José Fernandes, que reagiu ao ser cobrado, teria havido uma discussão e a agressão. Após matar a vítima, teria levado o corpo para o fundo do quintal e queimado. Após enterrar sua vítima, teria que se desfazer do carro, provavelmente uma caminhoneta D-10.
Os policiais militares disseram que o veículo ficou irreconhecível, após ser incendiado por José Fernandes, em uma estrada municipal que liga Taquarussu a Bataiporã, cerca de cinco quilômetros da cidade, na ligação pela Festa, um bairro rural. A Polícia Militar não conseguiu identificar a cor do carro e a placa (de alumínio) foi derretida. Um filho da vítima teria visto o carro, ao ir de Bataiporã para Taquarussu, após o final da tarde de quarta-feira, a família acreditar que o contador estaria demorando para voltar para casa.
O CHEQUE
Por várias vezes o SULNEWS tentou contato com a Delegacia de Polícia Civil, mas a ligação foi seguida de um sinal de fax, enquanto o delegado ouvia o acusado. De acordo com a PM, nas ruas de Taquarussu, populares comentam que José Fernandes tinha um carro e que teria pedido um concerto, em uma mecânica, pago com o cheque, que teria sido repassado ao contador.
O contador, após verificara falta de provisão de fundos, resolveu fazer a cobrança, e foi assassinado. O corpo de Nilo Carijó da Silva foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Nova Andradina, e após ser necropsiado, seria liberado para que os familiares providenciassem o sepultamento.

 

Sul News


Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro